Introdução

As “Terapêuticas não convencionais”, como referidas pela lei nº 45/2003, podem ser descritas como diversos sistemas, práticas e produtos médicos e de cuidados de saúde que atualmente não são considerados parte da medicina convencional mas promovem o bem estar e melhoram a qualidade de vida do Indivíduo.
A medicina convencional tem sido, de forma geral, a primeira, se não a única, opção para as populações ocidentais. Portugal não é exceção. Contudo, tem-se verificado que nas últimas décadas, a procura por medicinas complementares pela população tem-se intensificado. Infelizmente, o respeito e reconhecimento concedidos a estas terapêuticas são ainda limitados, pelo facto de haver pouco conhecimento quanto aos seus fundamentos e pouca clarificação quanto a procedimentos, como também na acreditação dos profissionais que as praticam.
Em todo o mundo, tem havido um aumento da popularidade das medicinas integrativas e complementares, desde o Japão aos Estados Unidos da América, passando pelo norte da Europa até à África do Sul, Oceânia e América do Sul.
A tendência nos últimos anos tem sido a de uma maior responsabilidade assumida pelas pessoas, em relação à sua própria saúde. Atualmente, a procura por terapêuticas não convencionais está também relacionada com o medo dos efeitos secundários prejudiciais de alguns medicamentos prescritos, levando as pessoas a procurar terapias naturais e complementares sempre que possível.
Embora exista evidência científica que comprove a validade das atualmente reconhecidas terapias não convencionais, Acupunctura, Osteopatia, Homeopatia, Naturopatia, Fitoterapia e Quiroprática, a ainda falta de regulamentação contribui para o constrangimento que muitas vezes se gera pela pouca clarificação, não só nos procedimentos, mas também na acreditação dos profissionais que as praticam.
Neste sentido, o Conselho de Ministros aprovou recentemente uma proposta de lei sobre o exercício profissional das atividades de aplicação das terapêuticas não convencionais, estabelecendo e dispondo quanto ao regime de acesso e exercício dos profissionais que as aplicam, sendo a formação de nível superior fundamental.
A Pós-Graduação em Terapias Naturais e Complementares visa a integração dos diferentes sistemas terapêuticos na abordagem da saúde, nomeadamente na Naturopatia, Fitoterapia, Aromaterapia, Homeopatia, Terapia Nutricional e Acupunctura.
Pretende-se que os profissionais de saúde desenvolvam e aprofundem conhecimentos e competências que lhe permitam realizar uma terapêutica integrativa bem como a manipulação e utilização de medicamentos e de outros produtos de saúde à base de plantas, medicamentos homeopáticos, suplementos alimentares. Pretende igualmente proporcionar conhecimentos multidisciplinares de evidência clínica e científica que permitam fundamentar a aplicação das referidas terapêuticas.

Data de realização do curso

outubro 2014

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Medicina
  • Cardiopneumologia
  • Podologia
  • Ciências Farmacêuticas
  • Análises Clínicas e de Saúde Pública
  • Nutrição
  • Marketing Farmacêutico
  • Bioquímica
  • Ciências Biomédicas
  • Dietética

Estrutura curricular

U.C. 1 - NATUROPATIA

U.C. 2 - FITOTERAPIA

U.C. 3 - TERAPIA NUTRICIONAL

U.C. 4 - HOMEOPATIA

U.C. 5- MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

U.C. 6 - ACUPUNCTURA

U.C.7 – ÓLEOS ESSENCIAIS E AROMATERAPIA

U.C. 8 – INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM TERAPIAS NATURAIS E COMPLEMENTARES

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass;
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura;
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Impressos para candidatura e inscrição

Ficha Individual de candidatura212 Kbytes Ficha inscrição para eventos64 Kbytes Ficha inscrição para eventos gratuitos63 Kbytes Instruções de preenchimento do Curriculum Vitae (Modelo Europass)160 Kbytes Modelo europass (Format Microsoft word)77 Kbytes

Informação e contactos

CESPU - Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
R. José António Vidal,81
4760-409 Vila Nova de Famalicão - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

A presente pós-graduação pretende:

  • promover conhecimentos na área das terapias naturais e complementares, nomeadamente no que se refere à Naturopatia, Fitoterapia, Aromaterapia, Homeopatia, Terapia Nutricional e Acupunctura.
  • desenvolver e aprofundar conhecimentos e competências fundamentais para a manipulação, aplicação e aconselhamento de medicamentos e de outros produtos de saúde à base de plantas, medicamentos homeopáticos, suplementos alimentares, nutracêuticos e cosmecêuticos.
  • proporcionar conhecimentos multidisciplinares de evidência clínica e científica que permitam fundamentar a aplicação das referidas terapêuticas.

Resumo

A Pós-Graduação em Terapias Naturais e Complementares visa a integração dos diferentes sistemas terapêuticos na abordagem da saúde, nomeadamente na Naturopatia, Fitoterapia, Aromaterapia, Homeopatia, Terapia Nutricional e Acupunctura.
Pretende-se que os profissionais de saúde desenvolvam e aprofundem conhecimentos e competências que lhe permitam realizar uma terapêutica integrativa bem como a manipulação e utilização de medicamentos e de outros produtos de saúde à base de plantas, medicamentos homeopáticos, suplementos alimentares.

Metodologia

A Pós-Graduação em Terapias Naturais e Complementares está organizada em unidades curriculares, cada uma com conteúdos programáticos específicos.
O plano pedagógico desenvolve-se em aulas teóricas, aulas teórico-práticas, seminários e conferências.

Destinatários

Licenciados em Medicina, Ciências Farmacêuticas, Farmácia, Marketing Farmacêutico, Enfermagem e outras áreas afins e profissionais da área da saúde.

Candidatura e selecção

Candidaturas até 17/11/2014

Análise curricular Académica e Profissional ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

30

Carga horária

250 Horas

Unidades de crédito do curso

30

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária. Aprovação a todos as unidades curriculares com exame e/ou realização de trabalho. Aprovação no trabalho final produzido no módulo de Investigação e Desenvolvimento em Terapias Naturais e Complementares. A condição de Aproveitamento uma classificação igual ou superior a 50%.

Duração e regime

O Curso decorrerá de outubro de 2014 a outubro de 2015. As aulas decorrerão às sextas, das 18h00 às 22h00, aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 (quinzenalmente).

Cronograma

2014

31 de outubro

21 e 22 de novembro

28 e 29 de novembro  

5 e 6 de dezembro

12 e 13 de dezembro

 

2015

9, 10, 23 e 24 de janeiro

6 e 7 de fevereiro

13 e 14 de março

27 e 28 de março

10 e 11 de abril

17 e 18 de abril

8 e 9, de maio

15 e 16 de maio

19 e 20 de junho

26 e 27 de junho

10 e 11 de julho

17 e 18 de julho

11, 12, 18 e 19 de Setembro

2 e 3 de outubro

30 e 31 de outubro

 
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Maria Teresa Herdeiro, Profa. Doutora
Instituto Superior Politécnico do Norte/ Escola Superior de Saúde do Vale do Ave.
Marisa Rodrigues Machado, Profa. Doutora

Licenciada e Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC). Mestre em Tecnologia do Medicamento na especialidade de Farmacologia pela FFUC. Doutorada em Farmácia pela FFUC. Docente dos cursos de Farmácia e Marketing Farmacêutico da ESSVA/IPSN-CESPU. Investigadora do Centro de Estudos Farmacêuticos da FFUC e do CITS-IPSN. Consultora Científica.

Emília Santos, Profa. Doutora

Licenciada em Ciências Farmacêuticas, Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Doutorada em Química Analítica, Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Mestrado Integrado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Porto. Docente do IPSN – ESSVA.

José Malta, Dr.

Licenciado em Enfermagem pela Escola Superior Enfermagem Ana Guedes. Diplomado em Medicina Tradicional Chinesa, Massagem e Terapias Holísticas. Diretor da Escola de Terapias Naturais - Voz do Silêncio. Professor adjunto na Escola Superior de Enfermagem do Porto. Coordenador do projeto Voz dos Sonhos. Coordenador no Instituto de Formação em Enfermagem. Investigador em MTC, Massagem e Terapias Holísticas.

André Dourado, Mestre

Licenciado em Biologia, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Mestre em Medicina Natural, Faculdade de Medicina, Universidade Santiago Compostela.

Ana Raquel Tavares, Mestre

Licenciada em Ciências Farmacêuticas, Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Mestre em Medicina Natural, Faculdade de Medicina, Universidade Santiago Compostela. Pós-graduada em Acupunctura, CEMETEC – Centro de Enseñanza de la Medicina Tradicional China. Mestre em Ciências Farmacêuticas.

Joana Geraldes Dias, Mestre
Licenciada em Enfermagem. Curso de Medicina Tradicional Chinesa: Acupunctura e Fitoterapia Chinesa. Curso de Shiatsu. Curso de Fengh Shui Tradicional. Mestre em Medicina Natural, Faculdade de Medicina, Universidade Santiago Compostela.