Introdução

Nos últimos anos, as alterações ocorridas na prestação de serviços de saúde têm afectado os papéis, as expectativas e as práticas dos grupos profissionais, sendo hoje importante potenciar a imagem que demarca a sua acção diferenciada e os seus contributos na obtenção de ganhos em saúde dirigidos à população. As novas reformas passam por adaptar e perceber novos conceitos de gestão conferindo às organizações maior flexibilidade, eficiência, rigor perspectivando-se que a resolução dos vários problemas têm solução no empenhamento e competência dos profissionais e na qualidade dos seus cuidados. Os responsáveis pela regulamentação da profissão de enfermagem têm trabalhado também neste sentido e incide-se agora numa reestruturação profissional, pela evidente pertinência social e científica, como forma de promover e assegurar a qualidade e a diversidade de cuidados de enfermagem a que os cidadãos legitimamente aspiram. Sem querer esgotar a problemática e a globalidade dos sistemas de saúde nas suas exigências sociais, pretende-se contribuir para o desenvolvimento de opções estratégicas que envolvam as questões de saúde e as suas políticas contribuindo para um sistema de cuidados de qualidade para a saúde da população.

Data de realização do curso

Novembro de 2012

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem

Estrutura curricular

MÓDULO I – EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA

  • Epidemiologia e Saúde Pública
  • Bioestatística

MÓDULO II – SISTEMAS DE SAÚDE
  • Governação Clínica
  • Políticas e Reformas do Sistema de Saúde

MÓDULO III – BIOÉTICA E GESTÃO
  • Direito e Legislação em Saúde
  • Ética e Deontologia em Saúde

MÓDULO IV – GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE
  • Gestão da Qualidade
  • Economia da Saúde
  • Financiamento e Análise Financeira em Saúde
  • Avaliação de Desempenho
  • Gestão e Administração em Saúde
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Logística e Recursos Materiais

MÓDULO V – ENFERMAGEM: POLÍTICA E COMUNICAÇÃO
  • Políticas, Inovação e Reformas em Enfermagem
  • Marketing Social e Comunicação na Enfermagem
  • Sistemas de Informação em Saúde/Enfermagem

MÓDULO VI – GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO: DESAFIOS NA ATUALIDADE
  • Coaching e Liderança na Gestão em Saúde
  • Gestão em Enfermagem pela Evidência
  • Empreendorismo e Inovação
  • Serviço Nacional de Saúde – Que Perspectiva e Futuro?
  • Contratualização em Saúde
  • Reorganização dos Cuidados de Saúde Primários

MÓDULO VII – INVESTIGAÇÃO EM SAÚDE
  • Métodos de Investigação
  • Oficina de Investigação em Gestão e Administração em Saúde

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Açores (Ilha de São Miguel)
Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada
Rua de S. Gonçalo n.º 230
9500-344 Ponta Delgada

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

  • Adquirir conhecimentos sobre o sistema de saúde, reformas e politicas de saúde;
  • Desenvolver competências necessárias na área da gestão e administração de serviços de saúde;

  • Promover a capacidade de liderança e estratégias de gestão de recursos humanos;
  • Promover a análise critica sobre a reestruturação da profissão de Enfermagem.

Resumo

A Pós-Graduação em Gestão de e Administração de Serviços de Saúde para Enfermeiros adaptar e perceber novos conceitos de gestão conferindo às organizações maior flexibilidade, eficiência, rigor perspectivando-se que a resolução dos vários problemas têm solução no empenhamento e competência dos profissionais e na qualidade dos seus cuidados.

Metodologia

O Curso decorrerá de Novembro de 2012 a Dezembro de 2013. As aulas decorrerão mensalmente às sextas, das 18h00 às 22h00, aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos domingos, das 09h00 às 13h00. O plano pedagógico organiza-se em aulas teóricas, teórico-práticas, seminários e conferências recorrendo a metodologias de aprendizagem baseadas em situações problema com articulação teórica/prática na sua resolução.

Destinatários

Licenciados em Enfermagem.

Candidatura e selecção

Ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

30

Carga horária

260 Horas

Unidades de crédito do curso

30

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária.
Aprovação em todas as unidade curriculares, sendo condição de Aproveitamento uma classificação igual ou superior a 50%.

Duração e regime

O Curso decorrerá de Novembro de 2012 a Dezembro de 2013. As aulas decorrerão às sextas, das 18h00 às 22h00, aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos domingos das 09h00 às 13h00.

Cronograma

PROVISÓRIO
Novembro de 2012 a Dezembro de 2013
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Carla Sofia Veloso, Dra.
Licenciada em Comunicação Social pela Universidade da Beira Interior. Curso de Realização e Produção Televisiva pelo CENJOR. Foi Jornalista na RTP e Gestora de Comunicação e Imagem na Delta-Cafés. Gestora de clientes e conteúdos publicitários na Mimo2 – empresa de modelismo. Colaboradora na gestão de conteúdos na empresa Areal-Media.
Nuno Filipe Azevedo, Prof. Doutor
Licenciado em Medicina na, na FMUP, pós-graduado de especialização em Probabilidades e Estatística no Departamento de Estatística e Investigação Operacional da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Assistente no Departamento de Ciências da Informação e da Decisão (CIDES) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), com actividade docente desde 2001. Membro da direcção e gestor de projectos no Centro Nacional de Observação em Dor (OBSERVDOR), desde Outubro de 2008. Consultor e membro da Unidade de Farmacovigilância do Norte, desde 2001. Membro da Comissão de Farmácia e Terapêutica da Região Norte (CFTRN) da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte), desde Novembro de 2005. Autor de vários artigos e publicações.
Diana Pereira Cardoso, Dra.
Licenciada em Contabilidade e Administração. Pós-Graduação em Gestão de Serviços de Saúde. Curso de Especialização em Administração Hospitalar. Administradora Hospitalar e Gestora da Qualidade do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE. Consultora da União das Misericórdias Portuguesas na área da Gestão da Qualidade. Docente convidada do Ensino Superior.
Outros Docentes Convidados
Isabel Araújo, Profª. Doutora

Docente do IPSN-ESSVA. Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica. Doutora em Ciências de Enfermagem - Universidade do Porto. Directora/ Coordenadora Departamento Enfermagem ESSVA.

Alvaro Rosa, Prof. Doutor

Natural de Macau é doutorado em Gestão Estratégica. Actualmente, é Professor Auxiliar na Escola de Gestão do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa. Os seus interesses de investigação são corporate governance; qualidade e gestão de serviços de saúde, nomeadamente, na área de governação dos serviços de saúde.

Conferencistas
Nuno Araújo, Mestre

Docente do IPSN-ESSVA. Pós-graduado em Gestão de Unidades de Saúde. Mestre em Ciências Empresariais: Especialidade de Gestão em Saúde. Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Doutorando em Gestão Geral Estratégia e Desenvolvimento Empresarial no ISCTE.

Ana Escoval, Profa. Doutora
Professora Auxiliar de Políticas e Administração de Saúde, na Escola Nacional de Saúde Pública. Integra a Assembleia de Representantes e o Conselho Pedagógico. É ainda membro fundador do Observatório Português dos Sistemas de Saúde. Desde Fevereiro de 2000 que integra a equipa que coordena o desenvolvimento do Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS) na ENSP e faz parte da rede de investigadores que nele colaboram.
Fernando Neves de Almeida, Mestre

Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho pelo ISLA, é MBA e Mestre em Gestão pela Universidade Católica de Lisboa. Actualmente é Presidente da Associação de antigos alunos do LISBON MBA (Univ. Nova, Univ. Católica e MIT). É autor de vários artigos publicados em inúmeros jornais e revistas e autor de vários livros na área comportamental da Gestão.

Jorge Manuel Barros, Mestre
Pós-Graduação em Sistemas de Informação em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem do Porto em 2010, Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Reabilitação no Instituto Politécnico de Saúde do Norte em 2008. Pós-Graduação em Engenharia Humana pela Universidade do Minho em 2002 e Licenciatura em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Bissaya-Barreto em 2000. Membro da equipa responsável na Administração Regional de Saúde Norte pela implementação e uniformização do Sistema de Informação de Enfermagem “SAPE”. Autor de vários projectos na área de desenvolvimento de SIE. Coordenador do Grupo de Trabalho Nacional de Parametrizadores das UCC. Consultor em Sistemas de Informação em Enfermagem na empresa Glintt-HS. Professor Adjunto Convidado da Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho.
Jorge Manuel Cadete, Mestre
Enfermeiro Especialista de Saúde Mental e Psiquiátrica e Mestre em Enfermagem, com a categoria de Enfermeiro-Chefe no Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT) / Delegação Regional do Norte, com o cargo de Responsável Local de Enfermagem no Centro de Respostas Integradas do Porto Oriental e Presidente da Assembleia Regional da Secção Regional Norte da Ordem dos Enfermeiros.
Luís Augusto Pisco, Prof. Dr.
Chefe de Serviço de Medicina Geral e Familiar no Centro de Saúde da Foz do Arelho. Director do Instituto da Qualidade em Saúde de Abril de 1999 a Outubro de 2005. Coordenador da Missão para os Cuidados de Saúde Primários de 12 de Outubro de 2005 a 14 de Abril de 2010. Presidente da Direcção (Janeiro 99 – Junho 2009) da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral. Membro da Direcção da Sociedade Europeia de Medicina Familiar (2001 a 2007). Fellow do Royal College of General Practitioners e da Associação Mundial de Médicos de Família (WONCA). Professor convidado na Universidade Lusófona e no Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas. Sócio fundador e membro da Direcção da Sociedade Portuguesa para a Qualidade na Saúde.
Vítor Macedo, Mestre

Licenciado em Economia e Mestre em Contabilidade pela FEP e Mestre em Engenharia de Serviços e Gestão pela FEUP. Aguarda a marcação da defesa de Tese de Doutoramento em Gestão pela FEP. É coautor do livro “Gestão Hospitalar – Manual Prático”, editado pela LIDEL.

Docente na FEP. Anteriormente, foi docente no ISCAC/CBS, vogal do C. A. do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E. e do Hospital Padre Américo – Vale do Sousa, E.P.E., administrador-delegado do Hospital de São Gonçalo – Amarante, diretor-geral e diretor financeiro/controlo de gestão em empresas dos setores da construção civil, indústria metalomecânica, distribuição de produtos petrolíferos e distribuição grossista.

 

Ana Pinto Borges, Profa. Doutora

Doutorada em Economia pela Faculdade de Economia do Porto. Economista da Entidade Reguladora da Saúde. Professora Universitária. Publicações internacionais no âmbito da regulação e da economia da saúde.

Cosntantino Skalarides, Dr.
Delegado de Saúde do Bárue, Moçambique (1968-70). Director do Centro de Saúde de Sofia Abecassis (1976-1985). Director Académico da Escola Andaluza de Saúde Pública, Espanha (1985-87). Director para as Politicas e Serviços de Saúde OMS/Europa, Copenhaga (1991-95). Presidente do Conselho de Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (1996). Director Geral da Saúde (1997-99), Presidente do Conselho Científico da Escola Nacional de Saúde Pública (2004-2006). Desenvolveu funções como Director da Escola Nacional de Saúde Pública, Presidente da Associação Portuguesa de Promoção para a Saúde Pública e Presidente eleito da Associação Europeia de Saúde Pública. Recebeu as distinções de The Baxter Award 1999 (European Health Care Management Association) “for an outstanding publication contributing to excellence in health care management in Europe; Honorary Distinction 2004 (Greek Association of General Practitioners – 15th anniversary) “for his contribution to the development of Primary Health Care and General Practice in Greece”; Medalha de Ouro de Serviços Distintos, 2006, pelo Mistério da Saúde de Portugal.