Introdução

A pós-graduação em Cuidados Continuados e Paliativos procura enquadrar a intervenção desenvolvida no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados através da colaboração de profissionais de várias unidades da Rede em Portugal. O curso aborda as dimensões física, psicológica, social e espiritual do sofrimento e da doença e segue as recomendações da Associação Europeia de Cuidados Paliativos (EAPC) recorrendo a especialistas europeus do Hospital Los Montalvos (Espanha), do Instituto de Oncologia (Barcelona) e da Association Bernard Dunant (França).

Data de realização do curso

Dezembro de 2012

Áreas de conhecimento

  • Psicologia

Estrutura curricular

UNIDADE CURRICULAR 1: PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS DOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS

  • MÓDULO 1 - PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS
  • Conceito de cuidados continuados e continuidade de cuidados
  • Modelo de rede de cuidados continuados
  • Do modelo clássico ao modelo associativo/integrador dos cuidados
  • O cuidado integral da pessoa
  • A promoção da autonomia e da dignidade do doente
  • O papel da família e/ou dos cuidadores
  • A intervenção multidisciplinar
  • MÓDULO 2 - PLANEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DE SERVIÇOS
  • Enquadramento conceptual da RNCCI
  • A rede de cuidados continuados em Portugal
  • Tipologia e características da rede
  • Equipas multidisciplinares
  • Filosofia dos cuidados continuados em saúde
  • Papel dos cuidadores
  • Papel do médico de família na equipa de saúde

MÓDULO 3 - ÉTICA
  • Noções básicas de Bioética e Ética Médica
  • Aplicação dos princípios de Bioética e de Ética em Saúde nas situações concretas de cuidados continuados e paliativos
  • Questões controversas nos Cuidados Continuados e Paliativos
  • Testamento vital, consentimento informado, eutanásia e suicídio asistido.

UNIDADE CURRICULAR 2: CONTROLO DA DOR E DOS SINTOMAS NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • MÓDULO 1 - CONTROLO DA DOR E DOS SINTOMAS
  • Princípios gerais, fisiopatologia e avaliação da dor
  • Controlo da dor por meios farmacológicos e não farmacológicos
  • Intervenções em situações menos frequentes e de alta complexidade
  • Sintomas específicos de doenças não oncológicas
  • Tratamento de feridas e úlceras de pressão
  • Nutrição
  • Controlo da dor e qualidade de vida
  • Urgências em cuidados paliativos

UNIDADE CURRICULAR 3: INTERVENÇÃO AO LONGO DO CICLO VITAL NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS EM PEDIATRIA
  • Legislação nacional sobre cuidados paliativos pediátricos
  • Apresentação e discussão de caso prático ilustrativo da perspectiva dos pais
  • A dor em pediatria: caracterização, avaliação/medição e intervenção/controlo
  • Questões éticas e deontológicas em cuidados paliativos pediátricos
  • As experiências de pais, irmãos, da criança e dos profissionais face à percepção de ameaça e à aproximação da morte
  • As vivências e as necessidades das famílias após a morte
  • Conversas difíceis para os profissionais.
  • MÓDULO 2 – CUIDADOS CONTINUADOS EM GERIATRIA
  • Tipologia dos cuidados e dos cuidadores
  • “Carreira” de Prestadores de cuidados: Formas de iniciação, motivações e fases de desenvolvimento
  • Prestação de cuidados e as patologias mais frequentes na terceira idade: A primazia dos AVC e das demências
  • Demência de Alzheimer: Variáveis passíveis de influenciar a prestação de cuidados
  • Preparação psicossocial do cuidador familiar para a assumpção da prestação de cuidados

UNIDADE CURRICULAR 4: INTERVENÇÃO DAS VÁRIAS ÁREAS NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • MÓDULO 1 – ENFERMAGEM
  • Avaliação e intervenção de enfermagem: Medidas de higiene e conforto; Cuidados de boca, Impacto dor, Posicionamento; Nutrição;Úlceras de pressão
  • Controlo da dor e dos sintomas por métodos não farmacológicos: Terapias Naturais; Técnicas de relaxamento; Massagem
  • Comunicação em enfermagem: como dar más notícias; conferência familiar: transmissão do prognóstico;a conspiração do silencio;gestão de expectativas (a esperança e a rebilitação);agressividade
  • MÓDULO 2 – SERVIÇO SOCIAL
  • Intervenção do serviço social numa equipa interdisciplinar de cuidados paliativos
  • Serviço social nos cuidados continuados
  • Objecto de intervenção e metodologia usada pelo serviço social
  • As redes de suporte social
  • Intervenção do serviço social na família - aplicações práticas
  • MÓDULO 3 – PSICOLOGIA
  • Factores psicológicos, socioculturais, interpessoais e espirituais na doença crónica e terminal
  • A doença e o processo de morrer
  • Metodologia de avaliação do indivíduo e da sua família com doença grave e terminal
  • Avaliação de questões específicas comuns em doentes graves e terminais: psicopatologia, respostas de luto, dor, desesperança, capacidade de tomada de decisões
  • Exemplos de intervenções específicas: dignity therapy, terapia de apoio, terapia cognitivo-comportamenta
Alterações na prática: limites, estrutura, setting
  • MÓDULO 4 – REABILITAÇÃO E DEPENDÊNCIA
  • Cuidados continuados integrados
  • Modelo de cuidados dirigidos à independência das pessoas idosas
  • Estrutura organizacional, conceitos, tipologias e critérios de refernciação
  • Metodologia de trabalho em Unidades de Convalescença
  • Preparação do membro da família e ou prestador de cuidados informais
  • Instrumento de avaliação psicossocial
  • MÓDULO 5 – CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS EM SAÚDE MENTAL
  • Perturbações psiquiátricas mais comuns em cuidados paliativos: como avaliar e tratar
  • Cuidados continuados e paliativos para doentes com problemas mentais pré existentes: demências, SQZ, doença bipolar, anorexia, abuso de substâncias,depressão e ansiedade severa
  • Reabilitação psicossocial
  • Organização e funcionamento de serviços de saúde mental
  • A espiritualidade no cuidados dos doentes
  • Exemplo de cuidados em saúde mental: A casa de Saúde de Idanha

UNIDADE CURRICULAR 5: AUTO-CUIDADO DAS EQUIPAS
  • MÓDULO 1 – MINDFULNESS THERAPY*
  • Enquadramento teórico da Mindfulness Therapy e das suas abordagens terapêuticas*
  • Aplicação prática e treino das técnicas aprendidas

CURSO DE FORMAÇÃO EM «GERIATRIC EDUCATION FOR EMERGENCY MEDICAL SERVICES»

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Açores (Ilha de São Miguel)
Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada
Rua de S. Gonçalo n.º 230
9500-344 Ponta Delgada

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

  • Promover o controlo da dor e dos sintomas;
  • Conhecer as exigências da intervenção na reabilitação;
  • Conhecer as especificidades da intervenção em Cuidados Continuados e Paliativos ao longo do ciclo vital;
  • Promover uma compreensão das dimensões biopsicossociais do sofrimento e da doença;
  • Conhecer e aplicar as estratégias de comunicação para potenciar a relação terapêutica;
  • Enquadrar o sofrimento e a morte na construção do sentido da vida;
  • Saber aplicar metodologias práticas de auto-cuidado das equipas;
  • Compreender as implicações éticas inerentes à intervenção em Cuidados Continuados e Paliativos.

Resumo

A pós-graduação em Cuidados Continuados e Paliativos procura enquadrar a intervenção desenvolvida no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados através da colaboração de profissionais de várias unidades da Rede em Portugal. O curso aborda as dimensões física, psicológica, social e espiritual do sofrimento e da doença e segue as recomendações da Associação Europeia de Cuidados Paliativos (EAPC) recorrendo a especialistas europeus do Hospital Los Montalvos (Espanha), do Instituto de Oncologia (Barcelona) e da Association Bernard Dunant (França).

Metodologia

A pós-graduação em Cuidados Continuados e Paliativos proporciona uma sólida formação teórico-prática baseada no treino de competências. Através da análise e discussão de casos clínicos, treino de técnicas, role-plays e do trabalho em pequenos grupos procura-se orientar os profissionais de saúde para uma auto-monitorização da sua própria intervenção clínica.

Destinatários

Licenciados em Medicina, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Terapia da Fala e outras áreas das Ciências da Saúde.

Candidatura e selecção

Ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

148 Horas

Unidades de crédito do curso

20

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária.
Avaliação Contínua.

Duração e regime

O Curso decorrerá de Dezembro de 2012 a Julho de 2013. As aulas decorrerão às sextas feiras, das 18h00 às 22h00, e aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos domingos, das 9h00 às 13h00(mensalmente).

Cronograma

PROVISÓRIO
Dezembro de 2012 a Julho de 2013
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Gemma Hernandez Diaz, Enfa.

Enfermeira no Hospital Los Montalvos, Salamanca, na Unidad del Dolor e Cuidados Paliativos. Enfermeira especialista em Cuidados Naturales. Presidente da Sociedad Cientifica de Enfermería Naturista e Holística de Salud.

Nuno Água, Enf.
Enfermeiro no Serviço de Saúde Mental/Psiquiatria do Centro Hospitalar Oeste NorteCurso Pós-Licenciatura em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria, Elemento do Departamento Pedagógico GTE, Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, Firs Responder, GEMS, PEPP, PHTLS e ITLS, Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.
João Gonçalves, Enf.
Serviço de Urgência e VMER do Centro Hospitalar de Torres Vedras. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS). Instrutor Nacional dos cursos: AAPCR e CETC.
Edgar Jacinto, Enf.

Enfermeiro do Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Médio Tejo – Unidade de Tomar. Curso Pós-licenciatura em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS). Instrutor Nacional do Conselho Português de Ressuscitação.

Marco Piedade, Enf.

Enfermeiro no Serviço de Urgência Geral e VMER do Hospital de Faro; Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, Firs Responder, GEMS, PEPP, AMLS, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS); Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

Paulo Pina, Dr.
Médico especialista em Medicina Interna. Membro da Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos e da Clínica de Dor do IPOLFG, EPE. Consultor do Hospital Residencial do Mar- Geriatria e Cuidados Paliativos. Mestrando em Cuidados Paliativos na FML. Pós-Graduado em Medicina da Dor pela FMP. Pós-Graduado em Geriatria pela FMC.
Martin Sanblas, Enf.
Enfermeiro no Hospital Los Montalvos, Salamanca, na Unidad del Dolor e Cuidados Palitivos. Especialista em Cuidados Paliativos.
Manuel Melo, Enf.
Enfermeiro Coordenador da Unidade de Convalescença de Valongo. Docente convidado da ESS-VS. Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Pós-graduado em Gestão e Administração Hospitalar e em Supervisão Clínica em Enfermagem.
José Carlos Caldas, Prof. Doutor

Professor Auxiliar do IUCS. Licenciado e Doutorado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Regente de  unidades curriculares nas áreas de avaliação psicológica  (Unidades Curriculares de Introdução à Avaliação Psicológica e Introdução às Técnicas Psicométricas, respetivamente dos 2º e 3º anos da Licenciatura em Psicologia do IUCS e de Avaliação Neuropsicológica e Avaliação Psicológica em Contextos de Saúde, do 1º ano do Mestrado em Psicologia da Saúde e Neuropsicologia do IUCS)  e na área da relação e comunicação médico-doente (Unidade Curricular Relação Médico-Doente: psicologia, comportamento e técnicas de comunicação, do 3º ano da Licenciatura em Ciências Biomédicas do IUCS). Vice-Presidente do Conselho Científico do IUCS e da Comissão Coordenadora do Mestrado em Psicologia da Saúde e Neuropsicologia. Investigador do CINTESIS.

Manuela Leite, Profa. Doutora
Doutorada em Psicologia, na área da Prestação de Cuidados. Professora Auxiliar no curso de Psicologia e Saúde do ISCS-N. Pós-graduada em Psicogerontologia. Coordenadora do Mestrado em Psicogerontologia do ISCSN.
Vera Almeida, Profa. Doutora
Doutorada em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica. Professora Auxiliar no curso de Psicologia Clínica do ISCS-N.
Jean-louis Terrangle, Dr.
Psicoterapeuta. Pratica a haptonomia, a ciência de curar pela afectividade. Formador. Fundador com Marie de Hennezzel da Association Bernard Dunant- AIDS, em 1992.
Miguel Julião, Prof. Doutor

Médico da Unidade de Cuidados Paliativos da Casa de Saúde de Idanha.

Fátima Oliveira, Enfa.
Enfermeira-chefe da unidade de Cuidados Paliativos da Casa de Saúde de Idanha.
Cármen Veríssimo, Enfa.
Enfermeira no serviço de Urgência Geral do Centro Hospitalar Oeste NortePós-graduação em UrgênciaElemento do Departamento Pedagógico GTEInstrutora Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, GEMS, PEPP, AMLS, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS)Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.
Ascenção Codinha, Enfa.
Paulo Vala, Enf.
Ferraz Gonçalves, Prof. Doutor

Médico especialista em Medicina Interna e em Oncologia Médica. Chefe do Serviço de Cuidados Paliativos do IPO-Porto. Fundador da primeira unidade de cuidados paliativos em Portugal. Fundador da Associação nacional dos Cuidados Paliativos. Membro do Research Steering Commitee da Associação Europeia de Cuidados Paliativos.