Introdução

Os métodos de imagem são exames de imagem complementares do diagnóstico clínico e anatomo-patológico. Têm acompanhado o desenvolvimento da tecnologia, da Medicina e por conseguinte das especialidades médicas, nas quais se contextualiza a Estomatologia, a Medicina Dentária, a Otorrinolaringologia e a Dermatologia.
A Endoscopia de contacto é um exame complementar de diagnóstico inovador na cavidade oral, utilizado durante a consulta médica e no bloco operatório. Permite visualizar, de forma indolor, em tempo real, e sem necessitar de anestesia, in vivo e in situ, as células, os vasos e as glândulas do epitélio oral humano.
Tem assim potencial de guiar biópsias incisionais, objectivar as margens microscópicas das biópsias excisionais, identificar benignidade vs displasia vs malignidade, fazer o seguimento pós-operatório de tumores malignos ou potencialmente malignos e ainda, fazer o seguimento de doenças orais auto-inflamatórias como por exemplo o líquen plano oral ou o lúpus eritematoso discóide.
O objectivo deste curso é proporcionar aos formandos os conceitos teóricos em endoscopia de contacto, ensinar a realizar a técnica com a devida interpretação do exame em doentes pré-seleccionados.

Data de realização do curso

Março de 2020

Áreas de conhecimento

  • Medicina Dentária

Estrutura curricular

U. C. 1 - Endoscopia de Contato
- Aprendizagem dos conceitos teóricos em Endoscopia de Contacto da mucosa oral: do normal ao maligno;
- Revisão sobre o epitélio oral humano: o normal e o patológico. O benigno, o potencialmente maligno e o maligno;
- Aquisição de competências práticas da técnica e instrumental da Endoscopia de Contacto

HANDS-ON:

- Realização da técnica de Endoscopia de Contacto em mucosa oral sem patologia e em doentes com lesões da mucosa oral;
- Interpretação dos resultados;
- Elaboração de relatórios interpretativos.

 

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass;
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura online: https://inscricoes.cespu.pt/index.php/141458?lang=pt;
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão (opcional);
Cheque ou comprovativo de transferência para o IBAN PT50 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura (50 Euros).

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Os objectivos gerais deste curso são proporcionar aos formandos os conceitos teóricos em endoscopia de contacto e ensinar a realizar a técnica com a devida interpretação do exame em doentes pré-seleccionados.

Os objectivos específicos são:
1. Aprendizagem dos conceitos teóricos em Endoscopia de Contacto da mucosa oral: do normal ao maligno.
2. Revisão sobre o epitélio oral humano: o normal e o patológico. O benigno, o potencialmente maligno e o maligno.
3. Aquisição de competências práticas da técnica e instrumental da Endoscopia de Contacto

HANDS-ON:
1. Realização da técnica de Endoscopia de Contacto em mucosa oral sem patologia e em doentes com lesões da mucosa oral.
2. Interpretação dos resultados.
3. Elaboração de relatórios interpretativos.

Metodologia

O curso terá componente teórica e prática com hands-on.

Destinatários

Profissionais de Saúde com interesse na área da Medicina Oral, Cirurgia Oral e Patologia de Cabeça e Pescoço.

Candidatura e selecção

Candidaturas até 28 de fevereiro de 2020.
Ordem de inscrição

Nº de vagas para o curso

15

Carga horária

20 Horas

Unidades de crédito do curso

3

Critérios de aprovação

Necessário 80% de assiduidade para obtenção de diploma.

Cronograma

Cronograma Provisório

27 e 28 de março de 2020.

Corpo docente

Luis Monteiro, Prof. Doutor

Licenciado em Medicina Dentária pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde-Norte (ISCS-N). Mestre em Oncologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS). Doutorado em Patologia pela Universidade de Santiago de Compostela, Espanha. Master Europeu em Aplicações de Laser em Odontoestomatologia (EMDOLA) pela Universidade de Parma, Itália. Professor Auxiliar Convidado do ISCS-N. Membro de Coordenação do Mestrado em Cirurgia Oral do ISCS-N.

Saman Warnakulasuriya, Prof. Doutor

Professor de Medicina Oral e Patologia Oral Experimental no King’s College London. Director da Unidade de Medicina Oral do King’s College London. Director do Centro de Colaboração da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o Cancro Oral e Pré-Cancro no Reino Unido. Publicou mais 150 artigos peer reviewed e apresentou inúmeras palestras na área de cancro oral e lesões potencialmente malignas. A sua área de investigação científica dirige-se principalmente ao estudo da deteção precoce de cancro oral assim como ao aumento da consciência e conhecimento pelas populações e profissionais sobre esta doença. Conduziu vários estudos inovadores em rastreios de cancro oral em colaboração com a OMS e é um dos membros do painel de especialistas da IARC para avaliação de substâncias carcinogénicas capazes de causar cancro da cabeça e pescoço.

Marta Galrito, Drª.