Introdução

O transporte inter-hospitalar e intra-hospitalar de doentes críticos coloca o doente em risco de eventos adversos e aumento da morbilidade e mortalidade. A minimização do risco pode ser alcançada através da formação dos profissionais de saúde que os acompanham, assim como, a revisão de incidentes críticos recorrentes com estratégias direcionadas para reduzi-los.

 Este curso dinâmico dará aos participantes a confiança e o conhecimento para preparar e transferir doentes numa variedade de situações que vão desde transportes primários, secundários ou mesmo intra-hospitalares. O curso usará uma ampla variedade de estratégias de ensino que vão desde palestras teóricas, estações práticas e casos clínicos.

 O curso fornece o treino e as competências necessárias para um transporte de doentes críticos, baseado em guidelines nacionais e internacionais atualizadas. Este curso intensivo de um dia proporcionará ao pessoal médico e não médico as habilidades e os conhecimentos necessários para tornar a transferência de doentes críticos o mais segura e eficiente possível, melhorando os resultados e o conforto para o doente e equipa.

 É espectável que, no final do curso, os profissionais de saúde adquiram conhecimentos fundamentais, que lhes permitam ter uma conduta preventiva e uniforme de atuação perante situações de transporte de doente críticos.

Data de realização do curso

23 de junho de 2018

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem
  • Medicina

Estrutura curricular

  • Legislação sobre o transporte de doentes
  • Fases do transporte do doente crítico
  • Tipos de transporte
  • Meios de transporte
  • Formação e profissionais que acompanham o transporte
  • Complicações do transporte
  • Auditoria e controlo de qualidade
  • Casos clínicos
  • Estações práticas 

Documentação necessária de candidatura

Ficha de candidatura;

Curriculum Vitae;

Fotocópia do Certificado de Habilitações; 

Fotocópia do Cartão de Cidadão (opcional); 

Comprovativo de transferência para o IBAN PT 50 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Preenchimento do boletim de candidatura online: https://inscricoes.cespu.pt/formacao;

Informação e contactos

CESPU - Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
R. José António Vidal,81
4760-409 Vila Nova de Famalicão - PORTUGAL

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

O Curso tem por objetivo geral fornecer conhecimentos teórico-práticos, baseados em Guidelines, que reforçam e uniformizem a formação de médicos e enfermeiros. O curso baseia-se no transporte de doentes em estado crítico, na organização e formação de equipas dedicadas ao transporte e a implementação de programas de acompanhamento e auditoria do transporte do doente crítico.

Resumo

O Curso tem por objetivo geral fornecer conhecimentos teórico-práticos, baseados em Guidelines, que reforçam e uniformizem a formação de médicos e enfermeiros. O curso baseia-se no transporte de doentes em estado crítico, na organização e formação de equipas dedicadas ao transporte e a implementação de programas de acompanhamento e auditoria do transporte do doente crítico.

Metodologia

O curso desenvolve-se em aulas teórico-práticas. Utiliza-se fundamentalmente o método activo com recurso à técnica de resolução de estações práticas e casos clínicos.
Os formandos serão divididos em grupos que evoluirão pelas estações práticas em crescente de diferenciação clínica.
Cada formando deverá apresentar-se com roupa leve e prática. O ratio formador/formando é de 1:6.
O curso terminará com avaliação teórica e avaliação prática de casos clínicos.

Destinatários

  • Médicos e alunos de Medicina, Enfermeiros e alunos de Enfermagem 

Candidatura e selecção

Inscrições até 25/05/2018

Ordem de inscrição.

Carga horária

8 horas

9h às 13h e das 14h às 18h

Critérios de aprovação

Para obter aprovação no curso, a assiduidade é obrigatória e cada formando deverá obter 70% de aptidão no diagnóstico de competências teóricas e 100% no diagnóstico de competências práticas, com possibilidade de uma única repetição.

Cronograma

26 de Janeiro de 2018

Corpo docente

Mauro Alexandre Pereira, Dr.

Mestrado Integrado em Medicina, médico especialista em Anestesiologia no Hospital de Braga, Médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital de Braga e da equipa de Emergência Interna e Sala de Emergência do Hospital de Braga – desde Maio de 2015. Colaborador da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalentes do Hospital. coordenador e formador do Curso de Transporte do Doente Critico, formador do curso International Trauma Life Support (ITLS) da CESPU formação entre outros. 

Hugo Sousa, Enf.

Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica; Pós Graduação em Trauma Emergência e Catástrofe; Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Enfermeira na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente do Hospital de Braga; Enfermeiro Coordenador Hospitalar de Doação e Transplanteção de Órgãos do Hospital de Braga; Formador da Academia CUF nos cursos de Ventilação Mecânica Invasiva para Enfermeiros e Monitorização do Doente Crítico; Coordenador e formador do programa de Suporte Básico de Vida e Desfibrilação Automática Externa da CESPU formação; Formador do curso International Trauma Life Support (ITLS) da CESPU formação; Formador acreditado do Emergency Care & Safety Institute.

Fernando Gonçalves Fernandes, Enf.

Licenciatura em Enfermagem. Enfermeiro no Serviço de Urgência Geral e VMER do Hospital de Braga; Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, Firs Responder, GEMS, PEPP, AMLS, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS); Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.