Introdução

A pós-graduação em Intervenção Neurocognitiva Integrada foi pensada para dotar os profissionais de saúde de competências para aplicarem programas de intervenção neurocognitiva holísticos baseados em evidência. A necessidade de implementação destas intervenções impera em Portugal por ser um país envelhecido e com elevada prevalência de doenças com afetação neurocognitiva. Além disso, o comprometimento cognitivo constitui um importante preditor da funcionalidade nas atividades da vida diária, colocando desafios em termos dos custos económicos e exigência de cuidados associados. Assim, este curso assume um papel preponderante na formação de profissionais para intervirem na prevenção e melhoria do comprometimento cognitivo, funcionalidade nas atividades da vida diária, qualidade de vida e bem-estar psicológico de pacientes com défice cognitivo. Além disso, a pós-graduação abrange o treino de competências para intervenção com as famílias e/ou cuidadores.

Data de realização do curso

outubro de 2022

Áreas de conhecimento

  • Psicologia

Estrutura curricular

U. C. 1 - Bases Neuroanatómicas da Cognição e Emoção

U. C. 2 - Fundamentos da Intervenção Neurocognitiva

U. C. 3 - Funções Neurocognitivas: Modelos Concetuais e Explicativos, Reabilitação

U. C. 4 - Intervenção Neuropsicológica Holística

U. C. 5 - Intervenção Neurocognitiva com Adultos

U. C. 6 - Intervenção Neurocognitiva com Crianças

U. C. 7 - Elaboração de Programa de Estimulação Cognitiva e avaliação de resultados

Acreditação(ões)

A aguardar acreditação pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). 

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae;
Fotocópia do Certificado de Habilitações ou cédula profissional;
Preenchimento do boletim de candidatura online: https://inscricoes.cespu.pt/posgraduacoes
Fotocópia do Cartão de Cidadão (opcional);
O valor de candidatura (50€) será devolvido no caso de adiamento ou cancelamento da formação.

Emolumentos

Candidatura

50 Euros

Matrícula

250 Euros

Propinas

1.920 Euros ou 12 prestações mensais de 160 Euros

Desconto aplicável sobre o valor total da propina:

  • Desconto para cooperantes – 20%
  • Desconto para ex-alunos e instituições protocoladas – 10%
  • Desconto a pronto pagamento – 2%

Observações

NOTA: Os conteúdos relativos a esta Pós-Graduação podem estar suscetíveis a alterações pontuais.

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Com esta Pós-graduação pretende-se que os alunos desenvolvam conhecimento e competência para:

1. Delinear e executar programas de intervenção neurocognitiva em diferentes contextos de saúde (como lesão cerebral adquirida e perturbações neurocognitivas) informados pelos resultados da avaliação neuropsicológica;

2. Aplicar uma abordagem holística e individualizada à intervenção neurocognitiva;

3. Implementar diferentes técnicas e estratégias de intervenção neurocognitiva;

4. Definir objetivos realistas para a intervenção neurocognitiva e aplicar medidas de resultado adequadas para monitorizar os progressos e avaliar os resultados.

Metodologia

Face à pandemia do COVID-19, algumas sessões poderão decorrer em videoconferência.

Destinatários

Titulares de grau de grau de licenciado, mestrado integrado ou equivalente legal nas áreas de Psicologia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala. Após apreciação curricular podem ser admitidos profissionais licenciados em outras áreas das Ciências da Saúde.

 

Candidatura e selecção

Candidaturas abertas até 23 de setembro de 2022. 

A seleção é realizada por ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

148 horas de contacto

Unidades de crédito do curso

22

Critérios de aprovação

Participação mínima obrigatória em pelo menos 75% das horas da duração do curso. Testes de avaliação sumativa modulares. Revisão bibliográfica sobre a intervenção neurocognitiva numa patologia com afetação neurocognitiva, planeamento de um programa de intervenção e da avaliação dos seus resultados.

Duração e regime

O curso decorre de outubro de 2022 a julho de 2023. As aulas decorrerão ao sábado das 14h00 às 18h00, e de forma alternada, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, em regime quinzenal.

Cronograma

outubro de 2022 a julho de 2023

8 e 22 de outubro de 2022

12 e 26 de novembro de 2022

17 e 19 de dezembro de 2022

14 e 21 de janeiro de 2023

4, 18 e 25 de fevereiro de 2023

4 e 18 de março de 2023

1, 15 e 29 de abril de 2023

6 e 20 de maio de 2023

3 e 17 de junho de 2023

1 e 8 de julho de 2023 

O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Aarón F. Del Olmo, Prof. Doutor
Doutoramento em Psicologia. Licenciado e doutorado em Psicologia. Mestre em Estudos Avançados do Cérebro e Comportamento e em Neuropsicologia Clínica Básica e Aplicada. Atualmente é neuropsicólogo no Hospital San Juan de Dios de Sevilla, trabalhando com população adulta e infantil. Experiência prévia de intervenção nas alterações da linguagem com população adulta com Lesão Encefálica Adquirida. Autor de investigações na área do envelhecimento normal e demências. Atividade docente prévia em vários cursos de pós-graduação como mestrado em Neuropsicologia Clínica e em Neuropsicologia Infantil. Atualmente docente na UNIR – La Universidad em Internet e na Universidad Loyola Andalucía
Ana Lúcia Faria, Prof.ª Doutora
Doutoramento em Reabilitação Psicológica. Doutoramento em Reabilitação Psicológica cujo objetivo consistiu no desenvolvimento de ferramentas de reabilitação como o Reh@City e respetiva validação em pacientes que sofreram acidente vascular cerebral. Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde, Pós-graduada em Intervenção Neuropsicológica. Atualmente está a fazer pós-doutoramento com um projeto na área da reabilitação cognitiva utilizando Inteligência Artificial. Membro da Internation Society for Virtual Reabilitation. Primeira autora de vários artigos científicos publicados em revistas com revisão de pares e de um capítulo de livro. Recebeu mais de 5 prémios de investigação. Editora convidada de várias revistas científicas. Fez parte da comissão organizadora e/ou científica de eventos científicos. Participação com apresentação de trabalhos na área da reabilitação em eventos científicos.
Anita Rose, Prof.ª Doutora
Doutoramento em Neuropsicologia. Doutorada em Neuropsicologia, tem mais de vinte anos de experiência clínica. Autora de várias publicações e comunicações científicas. O seu trabalho na intervenção neurocognitiva em estados vegetativos e no Síndrome de Locked-in é reconhecido em todo o mundo.
Artemisa R. Dores, Prof.ª Doutora
Doutoramento em Neurociências Cognitivas. Doutorada em Ciências Biomédicas – Neurociências. Cognitivas. Licenciada em Psicologia, com especialização em Psicologia Clínica e da Saúde. Concluiu o mestrado em Psicologia, com especialização em Ciências cognitivas. Realizou o Pós-doutoramento com o projeto “Psychobiological Approach to Pathological and Problematic Gambling” (e.g., Near-miss in the pathological and problematic gambling: behavioral and EEG studies). Tem desenvolvido atividades no domínio das Neurociências Cognitivas – Neuropsicologia (memória, atenção, perceção, funções executivas e reabilitação neurocognitiva). O seu projeto de doutoramento foi sobre o “The effect of virtual reality in cognitive rehabilitation: methodological and technological innovations”. É professora da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto (ESS-P.Porto), desde 2000, onde leciona UC como Reabilitação Cognitiva e Avaliação. Neuropsicológica. É Coordenadora da Área Técnico-científica de Ciências Sociais e Humanas, Coordenadora da Pós-graduação em Reabilitação Neurológica na Lesão Encefálica Adquirida. É membro do Centro de Investigação em Reabilitação (P. Porto - ESS) e do Laboratório de Neuropsicofisiologia (FPCEUP). Membro do conselho fiscal da Sociedade Portuguesa de Neuropsicologia e da Sociedade Portuguesa de Comunicação Clínica em Cuidados de Saúde. Além de capítulos de livros, publicou artigos, em revistas nacionais e internacionais. É revisora convidada em jornais internacionais.
Bruno Peixoto, Prof. Doutor

Licenciado em Psicologia Clínica e Doutorado em Neurociências pela Universidade do Oviedo. Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte. Coordenação de Mestrado no mesmo âmbito, Supervisor de estágios académicos e profissionais para a OPP. Investigador na área do envelhecimento cognitivo e demências e avaliação neurocognitiva de perturbações médicas.

Bruno B. Vieira de Melo, Prof. Doutor

Doutoramento em Ciências da Comunicação e Comportamento. Doutorada em Ciências da Comunicação e Comportamento. Pós-graduado em Integração Sensorial para Terapeutas Ocupacionais.  Licenciado em Terapia Ocupacional. Professor Adjunto Convidado da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto e formador nas áreas do neurodesenvolvimento, integração multissensorial, comportamento e intervenção terapêutica. Terapeuta Ocupacional com atuação nas Perturbações do Neurodesenvolvimento. Investigador no Centro de Investigação em Reabilitação no Laboratório de Reabilitação Psicossocial da Escola afiliado à Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto e Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Publicação de artigos científicos em várias revistas científicas. Fez parte da comissão organizadora de eventos científicos e fez várias apresentações em encontros científicos.

Cláudia Sousa, Dra.

Mestrado em Psicologia da Saúde (estudante de doutoramento em Psicologia). Estudante de doutoramento em Psicologia, mestre em Psicologia da Saúde e licenciada em Psicologia Clínica. Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e em Neuropsicologia. Coordenadora da Unidade de Neuropsicologia do Serviço de Psicologia do Centro Hospitalar Universitário S. João. Co-investigadora em vários projetos na área da neuropsicologia. Autora de várias publicações científicas na área da neuropsicologia, particularmente das doenças desmielinizantes.

Cristina Costa Lobo, Prof. ª Doutora

Licenciada pela Universidade de Coimbra, mestre pela Universidade do Minho, doutorada pela Universidade do Minho e pós-doutorada em Psicologia da Educação pela Universidade Federal do Paraná. Especialista em Psicologia da Educação e em Desenvolvimento de Carreira. Certificada pela Europsy. Co-fundadora do projeto Identidade da Psicologia. Secretária-geral da INTERPSIC- Associação Portuguesa de Intervenção Psicológica. Co-fundadora da Associação Portuguesa do Desenvolvimento de Carreira. Professora convidada da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD) e da Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU). Autora com 795 citações, Índice i10 de 17 (Índice h12). Investigadora da Cátedra UNESCO de Educación para la Justicia Social e da Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade. Presidente do Observatório Português da Cátedra UNESCO de Juventude Educação e Sociedade.

Daniela Ramos, Dra.

Mestrado em Neuropsicologia (estudante de doutoramento na área da reabilitação neuropsicológica). Estudante de doutoramento em Investigação Biomédica. Mestre em Neuropsicologia. Pós-graduada em Neuropsicologia Clínica. Licenciada em Psicologia. Participação em projetos financiados, um dos quais na área da reabilitação neuropsicológica. Publicou vários artigos científicos na área da reabilitação neuropsicológica. Participação em congressos internacionais, nomeadamente enquanto membro da comissão organizadora.

Filipa Ferreira, Dra.

Mestrado em Psicologia. Mestre em Psicologia. Pós-graduada em Neuropsicologia Clínica. Licenciada em Psicologia. Neuropsicóloga Clínica no Hospital das Forças Armadas – Pólo Porto desde 2004 onde é responsável pela coordenação da consulta de neuropsicologia (avaliação e reabilitação neurocognitiva), grupos de apoio a cuidadores e pela consulta do cuidadador, consulta externa de psicologia clínica e psicologia forense. Prática privada de neuropsicologia. Experiência prévia de docência na CESPU na área da neuropsicologia. Participação com comunicação em eventos científicos. 

Fabricia Loschiavo Alvares, Prof.ª Doutora

Duplo doutoramento em Neurociências pela Universidade Federal de Minas Gerais e pela Universidade de Cambridge – Reino Unido. Especialista em Reabilitação Neuropsicológica pelo Oliver Zangwill e em Neuropsicologia. Licenciada em Terapia Ocupacional. Trabalhou em diversas instituições e hospitais no Reino Unido, como o Instituto Oliver Zangwill e o Raphael Medical Centre, onde foi consultora de investigação e clínica em Reabilitação Neuropsicológica. Docente em cursos no Brasil e internacionais. Autora de diversos livros e capítulos de livros nacionais e internacionais e de vários artigos publicados em revistas científicas internacionais. Sócia-fundadora e diretora clínica da Nexus – Instituto de Pesquisa, Ensino e Clínica em Reabilitação Neuropsicológica, em Belo Horizonte / Minas Gerais, instituição premiada na categoria Excelência em Laboratório de Pesquisa Inovação Científica – Prémio Dr. Fernando Capovilla, no Brain Connection em 2020, pelas investigações conduzidas na área da Reabilitação Neuropsicológica. Presidente do Grupo de Interesse Específico em Reabilitação Neuropsicológica (SIGBRA) ligado à World Federation of Neurorehabilitation. Recebeu o prémio Special Tribute 2020, conferido pelo Projeto Erasmus – União Européia, pela carreira e trajetória de destaques na área da Reabilitação Neuropsicológica

Hugo Sousa , Dr.

Doutorando em Psicologia, mestre em Neuropsicologia, licenciado em Psicologia. Experiência clínica na aplicação de Neurofeedback em diversas patologias ao longo do ciclo vital.

José Carlos Caldas, Prof. Doutor

Doutoramento em Psicologia. Doutorado em Psicologia, licenciado em Psicologia, atualmente é Professor Auxiliar/Professor Adjunto Principal no Departamento de Ciências Sociais e do Comportamento do Instituto Universitário de Ciências da Saúde – CESPU. Exerceu funções de psicólogo na Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental – APPACDM. Além disso, exerceu funções de avaliação e intervenção psicológicas na infância, adolescência e adultez no Hospital da Misericórdia de Paredes. Membro colaborador do CINTESIS, é autor de várias publicações científicas e tem coordenado e/ou participado em diversos projetos científicos.

Joana Pinto, Dra.

Mestrado em Neuropsicologia Clínica (estudante de doutoramento em Psicologia). Frequenta o 4º ano de doutoramento em Psicologia, área temática neurociências cognitivas e afetivas com um projeto na área da reabilitação neurocognitiva intitulado “Eficácia de um Programa de Estimulação Cognitiva e  Integração Multissensorial na Demência: Estudo Randomizado Controlado”. Mestre em Neuropsicologia. Licenciada em Psicologia. Pós-graduada em Cuidados Continuados e Paliativos e em Terapias Cognitivo-Comportamentais. Co-autora de programa de Estimulação Cognitiva publicado pela Editora Hogrefe. Faz consulta privada de avaliação neuropsicológica e reabilitação neuropsicológica. Docente da Unidade Curricular de Reabilitação Neurocognitiva no Instituto Universitário de Ciências da Saúde desde 2019. Professora Assistente Convidada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto desde 2020, onde leciona em Unidades Curriculares como Patologia Neurológica e Psiquiátrica. Publicou vários artigos científicos na área da reabilitação neurocognitiva e intervenção multissensorial. Participação com apresentação de trabalhos na área da reabilitação em vários congressos nacionais, europeus e internacionais.

Joana Mendes, Dra.

Licenciada em Terapia da Fala. Licenciada em Terapia da Fala pela ESS - P. Porto, a exercer funções no Centro de Reabilitação do Norte, Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, E.P.E, na Unidade de Reabilitação Pediátrica e em contexto de clínica privada.  Membro do Departamento de Comunicação Aumentativa da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala. Docente convidada da Pós-Graduação em Competências de Comunicação Clínica da FMUP. Co-fundadora do projeto de empreendedorismo   ComuniCAA®, no   âmbito   da Comunicação Aumentativa e Alternativa e Acessibilidade Comunicativa.   Fundadora   do   projeto   Dugong®, desenvolvendo atividades para famílias, profissionais de saúde e educação no âmbito da comunicação, linguagem e fala.

Juan Arango Lasprilla, Prof. Doutor

Doutoramento em Psicologia. Pós-doutorado em Reabilitação Neuropsicológica. Doutorado em Psicologia. Especialista em Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica e Linguística. Licenciado em Psicologia com tese na Demência de Alzheimer com agregação familiar. Recebeu mais de 60 prémios e distinções científicas na sua maioria na área da reabilitação neuropsicológica, entre eles da American Psychological Association. Experiência de docência na área da reabilitação em diversas universidades em todo o mundo, nomeadamente, Universidade de Harvard, Universidade de Granada, Universidade de Barcelona. Autor e/ou co-autor de 13 livros, mais de 70 capítulos de livros, mais de 300 artigos científicos na sua maioria na área da reabilitação neuropsicológica. Fez parte da comissão organizadora de mais de 400 conferências. Foi membro do Comité Editorial de mais de 30 revistas científicas. Revisor de artigos científicos em mais de 60 revistas indexadas. Foi membro de varias Associações Científicas e Profissionais, nomeadamente da Divisão de Reabilitação Psicológica da American Psychological Association.

Leite Carneiro, Dr.

Neurologista com mais 30 anos de experiência clínica. Foi responsável pela Unidade de Memória do Hospital Militar durante 10, onde também foi Diretor do Serviço de Neurologia durante 6 anos e recebeu vários louvores pelo trabalho desenvolvido. Membro de várias sociedades de Neurologia nacionais e europeias. Experiência docente em várias instituições nacionais. Autor de várias publicações e comunicações científicas.

Luís Monteiro, Prof. Doutor

Doutoramento em Psicologia. Luís Manuel Coelho Monteiro é investigador do NeuroGen, grupo de investigação do CINTESIS. Doutorou-se em Psicologia pela Universidade do Porto com a tese intitulada: “Manipulação da emoção em ambientes de realidade virtual: validação metodológica”. Tem formação de base em Psicologia Clínica pelo Instituto Universitário de Ciências da Saúde – CESPU, cujo corpo docente integra atualmente. E regente das unidades curriculares de Psicofisiologia e de Neuropsicologia Cognitiva e Afetiva. Investiga nas áreas da Psicologia Clínica e Reabilitação, tendo vários artigos publicados em revistas nacionais e internacionais.

Sandra Guerreiro, Profa. Doutora

Doutorada em Psicologia com projeto acerca do impacto da Reabilitação Neuropsicológica. Pós-graduada em Neuropsicologia Clínica: Avaliação e Intervenção em Neuropsicologia Clínica e em Psicoterapia e Orientação Vocacional. Licenciada em Psicologia. Coordenadora clínica da equipa multidisciplinar do Serviço de Reabilitação Neuropsicológica do Centro de Reabilitação Profissional de Gaia. Professora Convidada em unidades curriculares como reabilitação neuropsicológica na CESPU. Membro do comité científico de eventos científicos. Autoria e co-autoria de vários artigos científicos e capítulos de livros na área da reabilitação neuropsicológica. Participação com apresentação de trabalhos na área da reabilitação em vários eventos científicos.

Sofia Pinto, Dra.

Mestrado Integrado e licenciatura em Psicologia. Especialização em Psicoterapia Psicodinâmica. Formação na Floortime Approach. Experiência de intervenção nas Perturbações do neurodesenvolvimento. Coordenadora da equipa técnica multidisciplinar da APPDA-Norte, serviço CliD, Associação para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo.

Sofia Garcia da Silva, Dra.

Licenciatura em Professores do Ensino Básico, Pós-graduação em Neuroeducação, Formação avançada em Neurociências Aplicadas à Educação, Especialização em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor, Mestrado em Neuropsicologia. Autora de um Programa de Intervenção em Memória de Trabalho adaptado ao Contexto Escolar – Brincar e pensar para aprender a memorizar e de um Programa de Métodos e Hábitos de Estudo, destinado a crianças e jovens com défices de funcionamento executivo.

Telma Miranda, Dra.

Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde. Psicóloga na Unidade de Neuropsicologia do Centro Hospitalar Universitário de São João e em clínicas privadas com atuação na avaliação e reabilitação neuropsicológica. Participação em vários projetos de investigação na área da neuropsicologia. Participação em eventos científicos com apresentação de trabalhos na área da neuropsicologia.