Introdução

A Integração Sensorial (IS) é o processamento da informação sensorial, isto é, a capacidade de receber, classificar, processar e fazer uso das informações sobre as condições físicas do nosso corpo e do ambiente que nos rodeia, através dos nossos sentidos (toque, movimento, posição do corpo, visão, olfato, audição, paladar). Esta informação sensorial vai para o cérebro, onde é organizada e interpretada e como resultado, temos um plano de ação que nos permite dar uma resposta adaptativa apropriada e correta às exigências do ambiente. A Terapia da Integração Sensorial é um método de tratamento de indivíduos com problemas de processamento de estímulos sensoriais e tem como objetivo melhorar a capacidade de integração dos mesmos. Durante a terapia IS, a sensação de sucesso é o primeiro passo para alcançar essa capacidade, portanto o Terapeuta deve ter em atenção a organização do ambiente e do material para poder proporcioná-la.

Esta terapia pode ser útil para lidar com problemas como dificuldades de aprendizagem, perturbação de hiperatividade e défice de atenção, problemas ao nível motor, dispraxia, problemas comportamentais e distúrbios de integração sensorial. No decorrer da terapia, os indivíduos aprendem habilidades ou comportamentos específicos, mas estes não são o principal objetivo, em vez disso, o intuito é que as atividades físicas produzam sensações que levam a respostas adaptativas e por consequência a mais sensações que provocam respostas ainda mais complexas.

No caso das crianças a intervenção é centrada no brincar, permitindo a construção de experiências sensoriais e o planear das suas ações em relação aos outros, respondendo aos desafios crescentes que lhe são pedidos..

Data de realização do curso

maio de 2015

Estrutura curricular

  • Unidade Curricular 1: Introdução à Integração Sensorial
  • Unidade Curricular 2: Da neurociência à Integração sensorial
  • Unidade Curricular 3: Avaliação em Integração Sensorial I
  • Unidade Curricular 4: Avaliação em Integração Sensorial II
  • Unidade Curricular 5: Da Interpretação à Intervenção
  • Unidade Curricular 6: Intervenção em Integração Sensorial
  • Unidade Curricular 7: Investigação em Integração Sensorial
  • Unidade Curricular 8: Projeto final

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura (50 euros).

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Universitário de Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

  • Proporcionar aos alunos a aquisição de um conjunto de conhecimentos globais, teórico e práticos na área da Integração Sensorial;
  • Promover a aquisição de conhecimentos sobre avaliação e diferentes técnicas de intervenção em Integração Sensorial;
  • Desenvolver competências necessárias para a investigação na área da Integração Sensorial.


Competências

  • demonstrar conhecimentos e pensamento crítico em relação à aplicação dos principios da Integração Sensorial em diferentes populações;
  • demonstrar aptidão para a concepção, planeamento, organização e implementação de um plano de intervenção em Integração Sensorial adequado às necessidades individuais de cada cliente, tendo em conta a avaliação inicial, e os objetivos definidos para cada individuo, bem como aptidão para a introdução de alterações ao plano de intervenção sempre que necessário.

Resumo

A integração sensorial é o processamento da informação sensorial, isto é, a capacidade de receber, classificar, processar e fazer uso das informações sobre as condições físicas do nosso corpo e do ambiente que nos rodeia através dos nossos sentidos (toque, movimento, posição do corpo, visão, olfacto, audição, paladar). Esta informação sensorial vai para o cérebro, onde é organizada e interpretada e como resultado, temos um plano de adaptativo da acção que nospermite dar uma resposta adaptativa apropriada e correta às exigências do ambiente.

Metodologia

A metodologia de avaliação de cada unidade curricular é definida pelo respetivo formador na primeira sessão de cada módulo.

É necessária a aprovação em todas as unidades curriculares para conclusão da pós-graduação em Integração Sensorial, sendo condição de aproveitamento uma classificação igual ou superior a 10 valores.

Destinatários

- Unidades curriculares -"Introdução à Integração Sensorial" e "Da Neurociência à Integração Sensorial": Profissionais da área da saúde e da educação;

- Restantes unidades curriculares: Terapeutas ocupacionais

Candidatura e selecção

Candidaturas até 24-04-2015

Análise Curricular Académica e Profissional e ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

218 Horas

Unidades de crédito do curso

55

Critérios de aprovação

Existe obrigatoriedade de frequência no mínimo de 80% da carga horária (teóricas e práticas).

Duração e regime

O curso decorrerá de maio de 2015 a novembro de 2016.

As aulas presenciais decorrerão sempre que possível às:

- sextas-feiras das 15 às 22 horas

- sábados e domingos das 9h 30m às 17h 30m

O curso terá componentes letivas em B-Learning.

Cronograma

PROVISÓRIO
maio de 2015 a setembro de 2016

09 maio 2015

26 a 28 de Junho de 2015

26 e 27 de Setembro de 2015

15 a 17 de Novembro de 2015

29 a 31 de Janeiro de 2016

22 de Fevereiro de 2016

18 a 20 de Março de 2016

24 a 26 de Junho de 2016

7 a 10 de Outubro de 2016

 


O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Susanne Smith Roley, Profª. Doutora

Bacharel em Terapia Ocupacional pela Universidade de Indiana, USA.

Mestre em Ciências da Saúde da Universidade de Boston.

Grau de OTD na Universidade da Califórnia do Sul.

Integra a Divisão de Ciência Ocupacional e Terapia Ocupacional da Universidade da Califórnia do Sul sendo instrutor principal para o Programa de Certificação de Integração Sensorial patrocinado pela USC/WPS.

Co-editora dos livros, Understanding the Nature of Sensory Integration with Diverse Populations e Sensory Integration: Applying Clinical Reasoning to Diverse Populations.

Recebeu os prémios da AOTF Virginia Scardina Award of Excellence e o AOTF a. Jean Ayres Award.

Mais de 30 anos de experiência profissional.

Zoe Mailloux, Profª. Doutora

Licenciatura em Terapia Ocupacional

Grau de OTD na Universidade da Califórnia do Sul.

Foi assistente de investigação da Drª A. Jean Ayres no período de 1978-1984.

Leciona no Department of Occupational Therapy da Thomas Jefferson University e no Programa de Certificação de Integração Sensorial patrocinado pela USC/WPS.

Fundadora e diretora da Pediatric Therapy Network.

Tem participado no desenvolvimento de testes e pesquisa clínica relacionada com a Disfunção da Integração Sensorial e Autismo.

Recebeu o prémio de excelência da Autism Research Foundation.

Diane Parham, Prof. Doutora

Licenciada em Terapia Ocupacional na Universidade da Flórida.

Mestre em Terapia Ocupacional na Universidade do Sul da Califórnia (USC).

Doutorada em Psicologia Educacional na Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA).

Trabalhou sob orientação direta da Drª A. Jean Ayres, e durante 20 anos lecionou um curso de 4 meses em Integração Sensorial, que Ayres tinha originalmente desenvolvido.

As suas áreas de interesse de investigação passam pela correlação de fatores e indicadores fisiológicos de comportamentos sensoriais, avaliação clínica de integração sensorial e praxis, e a fidelidade da intervenção em Integração Sensorial.

Co-fundadora do programa de doutoramento em Ciência Ocupacional na Universidade do Sul da Califórnia, e membro fundador da Sensory Integration Research Collaborative (SIRC). Com inúmeros artigos publicados e autora de vários instrumentos de avaliação na área da Integração Sensorial.

Paulo Fernandes, Dr.

Bacharel em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSA), em 1997.

Licenciado em Terapia Ocupacional pela ESSA em 2006. Frequência do Programa Doutoral em Saúde Pública da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Fundador e Presidente da Associação 7senses desde a sua fundação (Maio de 2008).

Prática clínica em saúde mental infantil e intervenção precoce desde 1999.

Certificado em Integração Sensorial pela USC/WPS desde 2005. Orientador de estágios em Terapia Ocupacional.

Professor Assistente Convidado para o Curso de Terapia Ocupacional da Escola Superior de Saúde de Leiria nos anos letivos de 2011/2012 e 2012/13.

Roseanne Schaaf, Profª. Doutora

Doutoramento em Terapia Ocupacional

Roseann C. Schaaf, PhD, OTR/L, FAOTA, é uma reconhecida terapeuta ocupacional, com uma participação ativa nos programas de investigação na integração sensorial, tendo sido distinguida pela Fundação Americana de Terapia Ocupacional Integração Sensorial de A. Jean Ayres. Apresenta-se como a principal investigadora na realização de diversos estudos sobre a compreensão das relações entre as disfunções sensoriais e as manifestações comportamentais e fisiológicas na perturbação do espetro do autismo e o comportamento das funções do sistema nervoso nas crianças com disfunções de modulação sensorial. É vice-presidente do departamento de Terapia Ocupacional na Universidade Thomas Jefferson, membro no Farber Institute for Neuroscience, membro da Associação Americana de Terapia Ocupacional, membro fundador do projeto Sensory Integration Research Collaborative, convidada especial em edições da Revista Americana de Terapia Ocupacional nos temas do Autismo e da Integração Sensorial, bem como outras revistas da área do Autismo.

Ana Begedas, Drª.

Licenciatura em Terapia Ocupacional

Ana Patricia Ricardo Begedas, Terapeuta Ocupacional desde 1998. Exerceu funções durante dois anos no Refugio Aboim Ascensão, e durante 10 anos no Centro de Saúde de Faro. Desde Maio de 2011 que se encontra a trabalhar no Centro de Saúde de Olhão onde integra, as equipas do GASMi (Grupo de Apoio à Saúde Mental Infantil) e da Intervenção Precoce.

Fez a certificação em Integração Sensorial em 2005, nos E.U.A. e desde então tem-se especializado nesta área.

Realizou várias prelecções a nível nacional acerca da temática.

Fez parte da Tradução para Português do instrumento” Observations Based on Sensory Integration Theory” by Erna Blanche.

Comissão Organizadora do 1º e 2º Curso de Integração Sensorial da WPS/USC e do 2º Congresso Europeu de Integração Sensorial.

Foi sócia fundadora e Vice-Presidente da Associação 7Senses (Associação para a Promoção, Divulgação, Investigação e Formação em Integração Sensorial) e actualmente é Tesoureira da referida Associação.

Susana Pereira, Drª.

Licenciatura em Terapia Ocupacional

Marco Leão, Dr.

Pós-Graduação em Integração Sensorial (1ª Edição) pela Cooperativa de Ensino Superior Politécnico Universitário (CESPU);

Comprehensive Program in Sensory Integration USC/WPS pela 7Senses;

Licenciatura em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto (ESTSP)

Desde de 2011 como terapeuta ocupacional na Getting It, Pediatria e Desenvolvimento, case load de 45 crianças com perturbações do desenvolvimento, entre elas perturbações do espectro do autismo, síndrome de x-frágil, disfunções de integração sensorial, dificuldades de aprendizagem, entre outras.