Introdução

Nos últimos anos, as alterações ocorridas na prestação de serviços de saúde têm afectado os papéis, as expectativas e as práticas dos grupos profissionais, sendo hoje importante potenciar a imagem que demarca a sua acção diferenciada e os seus contributos na obtenção de ganhos em saúde dirigidos à população. As novas reformas passam por adaptar e perceber novos conceitos de gestão conferindo às organizações maior flexibilidade, eficiência, rigor perspectivando-se que a resolução dos vários problemas têm solução no empenhamento e competência dos profissionais e na qualidade dos seus cuidados. Os responsáveis pela regulamentação da profissão de enfermagem têm trabalhado também neste sentido e incide-se agora numa reestruturação profissional, pela evidente pertinência social e científica, como forma de promover e assegurar a qualidade e a diversidade de cuidados de enfermagem a que os cidadãos legitimamente aspiram. Sem querer esgotar a problemática e a globalidade dos sistemas de saúde nas suas exigências sociais, pretende-se contribuir para o desenvolvimento de opções estratégicas que envolvam as questões de saúde e as suas políticas contribuindo para um sistema de cuidados de qualidade para a saúde da população.

Data de realização do curso

Setembro de 2013

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem

Estrutura curricular

UNIDADE CURRICULAR 1 – EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA

  • Epidemiologia e Saúde Pública
  • Bioestatística


UNIDADE CURRICULAR 2 - SISTEMAS DE SAÚDE

  • Governação Clínica
  • Políticas e Reformas do Sistema de Saúde


UNIDADE CURRICULAR 3 – BIOÉTICA E GESTÃO

  • Direito e Legislação em Saúde
  • Ética e Deontologia em Saúde


UNIDADE CURRICULAR 4 – GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE

  • Gestão da Qualidade
  • Economia da Saúde
  • Financiamento e Análise Financeira em Saúde
  • Avaliação de Desempenho
  • Gestão e Administração em Saúde
  • Conferência em Gestão de Cuidados de Enfermagem
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Logística e Recursos Materiais


UNIDADE CURRICULAR 5 – NOVAS REALIDADES DA ENFERMAGEM

  • Políticas, Inovação e Reformas em Enfermagem
  • Marketing Social e Comunicação na Enfermagem
  • Sistemas de Informação em Saúde/Enfermagem
  • Conferência de Sistemas de Informação


UNIDADE CURRICULAR 6 – SEMINÁRIOS

  • Coaching e Liderança na Gestão em Saúde
  • Gestão em Enfermagem pela Evidência
  • Empreendorismo e Inovação
  • Serviço Nacional de Saúde – Que Perspectiva e Futuro?
  • Contratualização em Saúde
  • Reorganização dos Cuidados de Saúde Primários


UNIDADE CURRICULAR 7 – INVESTIGAÇÃO EM SAÚDE

  • Métodos de Investigação
  • Oficina de Investigação em Gestão e Administração em Saúde

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Observações

Esta formação é reconhecida pela Associação Portuguesa dos Enfermeiros Gestores e Liderança e encontra-se a aguardar homologação por parte da Ordem dos Médicos.

Informação e contactos

CESPU - Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Os objectivos inerentes a esta formação são:

  • Adquirir conhecimentos sobre o sistema de saúde, reformas e políticas de saúde;
  • Desenvolver competências necessárias na gestão e administração de serviços de saúde;
  • Promover a capacidade de liderança e estratégias de gestão de recursos humanos;
  • Promover a análise crítica sobre a reestruturação da profissão de Enfermagem.


No decorrer desta formação pretende-se que o profissional adquira e desenvolva as seguintes competências:

  • Demonstre conhecimentos e pensamento crítico/reflexivo, em relação à aplicação dos princípios de gestão e administração nas organizações e dinâmicas dos serviços de saúde;
  • Compreenda as políticas de saúde e sociais que orientam a dinâmica das organizações de saúde.

Resumo

Sem querer esgotar a problemática e a globalidade dos sistemas de saúde nas suas exigências sociais, pretende-se contribuir para o desenvolvimento de opções estratégicas que envolvam as questões de saúde e as suas políticas contribuindo para um sistema de cuidados de qualidade para a saúde da população.

Metodologia

Aprovação em todas as unidades curriculares, sendo condição de aproveitamento uma classificação igual ou superior a 10 valores. Aprovação no trabalho de investigação produzido na Unidade Curricular de Investigação em Saúde.

Destinatários

Licenciados em Medicina, Enfermagem e outras áreas da Saúde, em Gestão, Economia, Direito e todos os profissionais que pretendam adquirir conhecimentos nesta área.

Candidatura e selecção

Análise curricular Académica e Profissional e ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

30

Carga horária

260 Horas

Unidades de crédito do curso

30

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20 % da carga horária.

Duração e regime

O curso decorrerá de Setembro 2013 a Dezembro de 2014. As aulas decorrerão às sextas-feiras, das 18h às 22h e aos sábados, das 9h às 13h e das 14h às 18h (uma a duas vezes por mês).

Cronograma

PROVISÓRIO
Setembro 2013 a Dezembro de 2014
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Carla Sofia Veloso, Dra.
Licenciada em Comunicação Social pela Universidade da Beira Interior. Curso de Realização e Produção Televisiva pelo CENJOR. Foi Jornalista na RTP e Gestora de Comunicação e Imagem na Delta-Cafés. Gestora de clientes e conteúdos publicitários na Mimo2 – empresa de modelismo. Colaboradora na gestão de conteúdos na empresa Areal-Media.
Diana Pereira Cardoso, Dra.
Licenciada em Contabilidade e Administração. Pós-Graduação em Gestão de Serviços de Saúde. Curso de Especialização em Administração Hospitalar. Administradora Hospitalar e Gestora da Qualidade do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE. Consultora da União das Misericórdias Portuguesas na área da Gestão da Qualidade. Docente convidada do Ensino Superior.
Alvaro Rosa, Prof. Doutor

Natural de Macau é doutorado em Gestão Estratégica. Actualmente, é Professor Auxiliar na Escola de Gestão do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa. Os seus interesses de investigação são corporate governance; qualidade e gestão de serviços de saúde, nomeadamente, na área de governação dos serviços de saúde.

Ana Escoval, Profa. Doutora
Professora Auxiliar de Políticas e Administração de Saúde, na Escola Nacional de Saúde Pública. Integra a Assembleia de Representantes e o Conselho Pedagógico. É ainda membro fundador do Observatório Português dos Sistemas de Saúde. Desde Fevereiro de 2000 que integra a equipa que coordena o desenvolvimento do Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS) na ENSP e faz parte da rede de investigadores que nele colaboram.
Ana Pinto Borges, Profa. Doutora

Doutorada em Economia pela Faculdade de Economia do Porto. Economista da Entidade Reguladora da Saúde. Professora Universitária. Publicações internacionais no âmbito da regulação e da economia da saúde.

Fernando Neves de Almeida, Mestre

Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho pelo ISLA, é MBA e Mestre em Gestão pela Universidade Católica de Lisboa. Actualmente é Presidente da Associação de antigos alunos do LISBON MBA (Univ. Nova, Univ. Católica e MIT). É autor de vários artigos publicados em inúmeros jornais e revistas e autor de vários livros na área comportamental da Gestão.

Jorge Manuel Barros, Mestre
Pós-Graduação em Sistemas de Informação em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem do Porto em 2010, Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Reabilitação no Instituto Politécnico de Saúde do Norte em 2008. Pós-Graduação em Engenharia Humana pela Universidade do Minho em 2002 e Licenciatura em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Bissaya-Barreto em 2000. Membro da equipa responsável na Administração Regional de Saúde Norte pela implementação e uniformização do Sistema de Informação de Enfermagem “SAPE”. Autor de vários projectos na área de desenvolvimento de SIE. Coordenador do Grupo de Trabalho Nacional de Parametrizadores das UCC. Consultor em Sistemas de Informação em Enfermagem na empresa Glintt-HS. Professor Adjunto Convidado da Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho.
Jorge Manuel Cadete, Mestre
Enfermeiro Especialista de Saúde Mental e Psiquiátrica e Mestre em Enfermagem, com a categoria de Enfermeiro-Chefe no Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT) / Delegação Regional do Norte, com o cargo de Responsável Local de Enfermagem no Centro de Respostas Integradas do Porto Oriental e Presidente da Assembleia Regional da Secção Regional Norte da Ordem dos Enfermeiros.
Luís Augusto Pisco, Prof. Dr.
Chefe de Serviço de Medicina Geral e Familiar no Centro de Saúde da Foz do Arelho. Director do Instituto da Qualidade em Saúde de Abril de 1999 a Outubro de 2005. Coordenador da Missão para os Cuidados de Saúde Primários de 12 de Outubro de 2005 a 14 de Abril de 2010. Presidente da Direcção (Janeiro 99 – Junho 2009) da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral. Membro da Direcção da Sociedade Europeia de Medicina Familiar (2001 a 2007). Fellow do Royal College of General Practitioners e da Associação Mundial de Médicos de Família (WONCA). Professor convidado na Universidade Lusófona e no Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas. Sócio fundador e membro da Direcção da Sociedade Portuguesa para a Qualidade na Saúde.
Vítor Macedo, Mestre

Licenciado em Economia e Mestre em Contabilidade pela FEP e Mestre em Engenharia de Serviços e Gestão pela FEUP. Aguarda a marcação da defesa de Tese de Doutoramento em Gestão pela FEP. É coautor do livro “Gestão Hospitalar – Manual Prático”, editado pela LIDEL.

Docente na FEP. Anteriormente, foi docente no ISCAC/CBS, vogal do C. A. do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E. e do Hospital Padre Américo – Vale do Sousa, E.P.E., administrador-delegado do Hospital de São Gonçalo – Amarante, diretor-geral e diretor financeiro/controlo de gestão em empresas dos setores da construção civil, indústria metalomecânica, distribuição de produtos petrolíferos e distribuição grossista.

 

Cândida Clemente Ferrito, Profa. Doutora
Doutorada em Enfermagem pela Universidade Católica, Mestre em Gestão de Serviços de Saúde e Especialista em Enfermagem de Saúde Mental. Atualmente é docente do Instituto Politécnico de Setúbal. Membro do Centro de Medicina Baseada na Evidência.
Eduardo Reis Torgal, Dr.
Business Master Coach pela Behavior Coaching School, é mentor e co-Fundador do Eneacoaching em Portugal , empresa de Business Coaching que actua em Portugal na área de Coaching de Executivos. É professor convidado em pós-graduações nas áreas de Liderança, Coaching e Eneagrama na Universidade Lusófona (IT Governance) e 6 Sigma Black Belt Instituto Politénico de Leiria. Foi co-Fundador e Partner da BeCoach. Membro Profissional da IEA  International Enneagram Association; Practitioner em PNL, e Master Trainer Internacional em Coaching; Sócio fundador e Vice-presidente da AEPORT - Associação Eneagrama de Portugal; Professor de Eneagrama Certificado EPTP Enneagram Worldwide de Helen Palner e David Daniels.
Luís Filipe Azevedo, Prof. Doutor
Licenciado em Medicina na, na FMUP, pós-graduado de especialização em Probabilidades e Estatística no Departamento de Estatística e Investigação Operacional da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Assistente no Departamento de Ciências da Informação e da Decisão (CIDES) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), com actividade docente desde 2001. Membro da direcção e gestor de projectos no Centro Nacional de Observação em Dor (OBSERVDOR), desde Outubro de 2008. Consultor e membro da Unidade de Farmacovigilância do Norte, desde 2001. Membro da Comissão de Farmácia e Terapêutica da Região Norte (CFTRN) da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte), desde Novembro de 2005. Autor de vários artigos e publicações.
Flora Maria da Silva, Profa. Doutora
Doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Santiago de Compostela; Pós-graduada em Administração Pública, Universidade do Minho; Licenciada em Gestão de Recursos Humanos. Desempenhou diversos cargos na área da saúde: na Entidade Reguladora da Saúde; Gestora da Delegação Regional do Norte do Instituto Nacional de Emergência Médica; Chefe do Serviço de Aprovisionamento na ARS-Norte; Diretora de serviços no Hospital de São João; Assessora do vogal financeiro do CA e chefe da Repartição Administrativa da ARS-Norte. É docente em várias universidades nas áreas de Economia e Gestão de Recursos Humanos.
Nelson Emídio Guerra, Mestre
Enfermeiro Especialista em Reabilitação; Mestre em Gestão de Serviços de Saúde pelo ISCTE; Presidente da Associação Portuguesa de Enfermeiros Gestores e Liderança; Foi Presidente da Secção Regional da Ordem dos Enfermeiros.
Nuno Francisco Marques, Mestre
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, pós-graduado em Estudos Europeus pelo Instituto de Estudos Europeus da Universidade Católica de Louvain, mestre em Ciências Jurídico-Comunitárias pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, MBA em Gestão de Empresas pelo Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais e doutorando em Direito pela Escola de Direito do Porto da Universidade Católica Portuguesa. Foi consultor e advogado externo do Serviço Jurídico da Comissão Europeia no âmbito do contencioso comunitário junto do Tribunal de Justiça e do Tribunal Geral da União Europeia e jurista da Autoridade da Concorrência, onde foi responsável em processos por práticas restritivas da concorrência proibidas pelo regime jurídico nacional e europeu da concorrência, participou na análise de concentrações entre empresas e representou a Autoridade da Concorrência junto da Direção-Geral de Concorrência da Comissão Europeia em diversos sectores de atividade na rede europeia da concorrência. Entre 2008 e 2012, foi diretor de serviços do Departamento de Acesso e Concorrência da Entidade Reguladora da Saúde, sendo responsável pela coordenação das atividades do Departamento (estudos, pareceres, processos, entre outros) e relacionadas com a defesa do acesso aos cuidados de saúde, a regulação económica e a defesa da concorrência. Autor e coautor de diversas publicações e conferencista em diversas conferências ou palestras sobre concorrência, regulação e direito da saúde.
Virgínia Maria Trigo, Profa. Doutora
Docente da Escola de Gestão do ISCTE, Autora de diversos artigos na área do empreendedorismo, estudos asiáticos e comportamento organizacional.