Introdução

A Pós-Graduação em Termalismo procura enquadrar a intervenção dos profissionais desta área no âmbito do trabalho técnico e de gestão na rede de unidades termais nacionais e internacionais. O curso foi organizado de modo a proporcionar uma sólida formação teórico-prática alicerçada no treino de competências dos profissionais que exercem, ou venham a exercer, a sua actividade no sector do Termalismo. O programa do curso procura desenvolver as dimensões técnicas da especialidade, enquadramento e domínio dos diferentes contextos termais e de gestão e administração das unidades termais. A multidisciplinaridade dos conteúdos abordados reflecte-se na multiplicidade da formação científica dos formadores. É dada uma especial atenção à integração pessoal dos conhecimentos científicos, proporcionando-se o treino individualizado de competências, tendo o corpo docente sido alicerçado na óptica da integração de conhecimentos do mundo académico com a visão e experiencia única de profissionais em actividade no sector.

Data de realização do curso

Outubro de 2011

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Medicina

Estrutura curricular

MÓDULO 1 – INTRODUÇÃO AO TERMALISMO

  • Conceito de termalismo; abordagem histórica.
  • O termalismo e o movimento sanitarista inglês do Sec. XIX.
  • O desenvolvimento do termalismo em Portugal: As diferentes fases do termalismo em Portugal
  • A inflexão do crescimento da procura termal: principais causa e consequências.
  • A emergência do termalismo social na Europa e em Portugal, análise crítica.
  • Termalismo social em Portugal e a evolução da noção de saúde.
  • Novos valores com expressão na procura de cuidados de saúde e bem-estar
  • Caracterização actual do termalismo em Portugal

MÓDULO 2 – ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE ESTABELECIMENTOS TERMAIS
  • Introdução ao Complexo Termal
  • Criação de raiz de um Centro Termal
  • A Gestão dos Recursos Humanos na Actividade Termal
  • A Gestão Económica e Financeira
  • Gestão e Comunicação em Termalismo
  • Marketing e Publicidade
  • Caracteristicas da Procura e Perfil do Utilizador Termal
  • Dimensão do Mercado Português e Europeu
  • Impacte da actividade termal na economia da região.

MÓDULO 3 – HIDROTERAPIA
  • Noções de Hidroterapia
  • Características Físico-Químicas da Água
  • Noções de Geologia e Hidrologia
  • Mecanismo de Actuação da Água no Organismo
  • Técnicas de Hidroterapia, indicações e contra-indicações
  • Termalismo
  • Balneoterapia
  • Talassoterapia
  • Peloterapia

MÓDULO 4 – HIDROLOGIA E ANÁLISES HIDROLÓGICAS
  • Conceito de Hidrologia
  • Água como recurso natural
  • Uso e gestão da água
  • Propriedades, características e composição da água
  • Águas naturais, conceito e composição
  • Princípios ecológicos nos meios aquáticos
  • Poluição nas águas
  • Importância da monitorização/métodos de análise laboratoriais físicos, químicos e microbiológicos
  • Métodos de tratamento de águas naturais e residuais
  • Águas para fins laboratoriais

MÓDULO 5 – TURISMO TERMAL
  • Termalismo e turismo termal – Principais conceitos
  • Turismo de Saúde: medicalizado e não medicalizado. Aspectos fundamentais da procura e oferta.
  • As modalidades de Turismo de Saúde.
  • Tendências evolutivas na procura do produto Turismo de Saúde e Bem-estar.
  • Responsabilidade individual em saúde – a Carta de Otawa e o Modelo de Grossman.
  • A Procura Termal em Portugal e a Distribuição espacial das estâncias termais em Portugal
  • A Revitalização das Termas enquanto Espaços Turísticos
  • O Futuro do Turismo Termal

MÓDULO 6 – QUALIDADE, HIGIENE E SEGURANÇA NOS ESTABELECIMENTOS TERMAIS
  • Conceitos Básicos de Qualidade
  • Integração de Sistemas
  • Sistema Integrado da Qualidade, Ambiente e Segurança
  • Uma Carta da Gestão Integrada: Qualidade, Ambiente e Segurança
  • Plano de Acção – Linhas de Orientação para a Implementação da Carta de Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança
  • A Qualidade, Higiene e Saúde do Ambiente Termal

MÓDULO 7 – ASPECTOS LEGAIS EM TERMALISMO
  • Conceito de Direito;
  • Elementos do Conceito de Direito
  • Fontes do Direito
  • Noção, Classificação e Hierarquização da Lei
  • A identificação das leis e a codificação
  • Valores e princípios fundamentais
  • Classificação do Direito – ramos do Direito;
  • O Direito e o Termalismo;
  • O Contexto Legal Mundial e Europeu no Sector
  • O Direito Termal Português
  • Análise da Principal Legislação Aplicável ao Sector

MÓDULO 8 – EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES TERMAIS
  • Equipamentos Termais: Uma Introdução
  • Banheiras
  • Banheira Romana
  • Terapias de inalação / ORL
  • Percurso termal
  • Duche de Jacto
  • Pediluve e Manuluve
  • Duche "Vichi"
  • Acessórios Duche
  • Armários e cacifos
  • Instalações Termais: Uma Visão Global
  • Planificação e manutenção de uma Instalação Termal

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Universitário de Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

A Pós-graduação em Termalismo, procura potenciar os recursos dos formandos, dotando-os com conhecimentos teóricos e práticos capazes de ampliar significativamente a sua compreensão e a sua capacidade de intervenção na actividade termal.

Objectivos Específicos

  • Seja capaz proceder a uma avaliação e caracterização do Termalismo segundo uma visão sólida e homogénea dos princípios e das tecnologias da área.
  • Conhecer com profundidade os sistemas termais com capacidades de diagnóstico do seu funcionamento, acompanhamento e realização de operações necessárias à sua manutenção e recuperação.
  • Capacidade de coordenar equipas transdisciplinares (enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, técnicos de saúde ambiental, etc.) com aptidões de planeamento e execução de projectos de intervenção termal.
  • Dominar as técnicas de análise e intervenção em processos de optimização e recobro das diferentes componentes termais.
  • Controlar e administrar os diferentes conhecimentos de formação de base em áreas científicas concomitantes, nomeadamente nas ciências biológicas que possibilite a utilização corrente de ferramentas técnicas e específicas nos projectos de intervenção e acompanhamento termais, bem como o conhecimento pormenorizado da constituição, funcionamento e características dos recursos naturais e antropológicos a harmonizar.
  • Incrementar técnicas de recolha e tratamento de dados e criação de informação sobre a actividade termal para utilização em projectos de análise de riscos, vigilância sanitária e serviços de qualidade, ambiente, higiene e segurança nas instalações termais.
  • Desenvolver uma capacidade de realização autónoma de estudos e projectos de investigação e desenvolvimento no âmbito da avaliação, protecção e recuperação da actividade termal.

Resumo

A Pós-Graduação em Termalismo, procura potenciar os recursos dos formandos, dotando-os com conhecimentos teóricos e práticos capazes de ampliar significativamente a sua compreensão e a sua capacidade de intervenção na actividade termal.

Metodologia

A Pós-Graduação em Termalismo proporciona uma forte componente prática que permita a integração eficaz dos múltiplos contributos teóricos. Através da análise e discussão de casos práticos e do trabalho individualizado desenvolvido em pequenos grupos procura-se orientar os formandos para uma auto-monitorização da sua própria intervenção profissional.

Destinatários

Licenciados e finalistas em Enfermagem, Fisioterapia, Saúde Ambiental, Medicina, Gestão, entre outros, que exerçam ou venham a exercer funções técnicas no sector do Termalismo e, ainda, aqueles que pretendem preparar-se para tal.

Candidatura e selecção

Análise Curricular Académica e Profissional e Ordem de Candidatura.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

208 Horas

Unidades de crédito do curso

30

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 25% da carga horária. Avaliação Contínua e Avaliação Final.

Duração e regime

As aulas decorrerão às sextas, das 16h00 às 20h00, e aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, (Quinzenalmente).

Cronograma

PROVISÓRIO
Outubro de 2011
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Cristina Antão, Mestre
Licenciada em Ciências Farmacêuticas, e Mestre em Controlo de Qualidade de Águas e Alimentos pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto.
Francisco Moreira Azevedo, Mestre
Mestre em Gestão e Políticas Ambientais.
Ana Oliveira, Dra.
Coordenadora da Componente Técnica das Termas das Caldas da Saúde. Especialistas em Técnicas de Hidroterapia.
Carla Teixeira, Enga.
Licenciada em Engenharia do Ambiente (UCP). Responsável pelo Departamento de Formação e Qualidade na empresa Iberotermas, lda. Consultora na área do termalismo, dando apoio a nível técnico e formativo a diversos estabelecimentos termais, actividade que desenvolve até ao momento.
Cristina Couto, Profa. Doutora
Licenciada em Ciências Farmacêuticas pela FFUP, doutorada em Química Analítica pela FFUP. Professora auxiliar do ISCS-N, regente das unidades curriculares de Hidrologia e Análises Hidrológicas e de Química Analítica desde 1999. Investigadora do laboratório associado.
Fernando Adosindo, Dr.
Director das Termas das Caldas da Saúde. Especialista na Gestão de Unidades Termais e Turismo Termal.
Manuel Magalhães, Dr.
Licenciado em Gestão. Assessor do Conselho de Administração da Entidade Gestora das Termas de Chaves. Possui uma vasta experiência como formador em diversas áreas, nomeadamente financeira e jurídica.
Pedro Catarino, Dr.
Director do Vidago Palace Spa percente aos Leading spa´s of the World. Foi Director de Spa no Aquapura Douro Valley, Welldomus Fitness & Spa Services e do Sheraton La Caleta Resort & Spa e desde 2007 na região do Douro. Reputado Formador em Gestão e Administração de Spa´s e Unidades Termais, entre outras áreas.

Emolumentos

Candidatura
50 Euros
Propinas
2.340 Euros ou 9 prestações mensais de 260 Euros.
(Cheques pré-datados)
20% Desconto para Cooperantes e funcionários da CESPU.
10% Desconto para Ex-alunos da CESPU, e para Instituições Protocoladas.
5% Desconto a pronto pagamento.