Introdução

O Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte, por meio do Departamento de Ciências, apresenta a pós-graduação em Jornalismo Cientifico, destinada a pessoas licenciadas em comunicação que tenham um interesse particular pelo mundo da ciência e que pretendem contribuir para a democratização do conhecimento científico na nossa sociedade.
O conhecimento científico encontra-se hoje em dia uma grande expansão. No entanto, esse crescendo de conhecimento apresenta frequentemente dificuldades de acompanhamento pela sociedade em geral, apesar do progresso científico afectar sobremaneira o dia a dia do cidadão comum com repercussões na área da saúde, da economia, do ambiente, entre tantas outras. É importante tornar a investigação científica mais próxima dos cidadãos, promovendo a educação e a cultura científica no nosso país, e cativando a participação da sociedade civil na investigação científica. Torna-se assim necessário formar comunicadores com capacidade de fazer chegar essa informação ao público-alvo de uma forma compreensível, mas simultaneamente rigorosa. São hoje vários os órgãos de comunicação de referência a incluírem na sua composição uma secção dedicada à ciência. No entanto, infelizmente, não são raras as imprecisões ou incorrecções que surgem nos textos dessas secções. Por outro lado, torna-se importante para os comunicadores de ciência adoptarem uma linguagem acessível e fluida de modo a tornar a informação científica atractiva de modo a cativar a sociedade civil em geral, e os jovens em particular, para uma área que se pretende que cresça no nosso país.
Por tudo isto é preciso dotar os comunicadores de um conhecimento especializado para que possam escrever ou falar sobre ciência e investigação com sentido crítico e desenvolvam a capacidade de selecção do que é verdadeiramente notícia sem qualquer tipo de pressão política ou económica.
Pretende-se com este curso de pós-graduação que o aluno identifique as fontes e principais recursos de informação e divulgação científica, se familiarize em ambientes reais de investigação científica, conheça as principais metodologias de investigação no âmbito do jornalismo científico e que, simultaneamente fique habilitado a registar e comunicar os mais recentes avanços científicos de forma rigorosa mas acessível ao cidadão comum. Um enfoque especial será dado aos grandes temas e avanços da ciência e ao treino da sua divulgação e comunicação.

Data de realização do curso

Outubro de 2011

Áreas de conhecimento

  • Ciências Biomédicas

Estrutura curricular

MÓDULO 1 – CIÊNCIA E TECNOLOGIA E SOCIEDADE - 36 HORAS

  • Anatomia de uma Revolução: da Era Industrial à Era da Informação e do Conhecimento em Rede
  • A informação, Nutriente dos Activos Invisíveis e Intangíveis da Organização: "únicas fontes de vantagem competitiva";
  • Gestão da Informação e da Produtividade do Conhecimento: mapas, modelos, mentes e maquinas;
  • A co-produção do Conhecimento e a Organização Inteligente;
  • A auto-eco-organização social;
  • Cibernética, Sistémica e a Sociedade das Organizações;
  • As Organizações como Organismos e Sistemas Abertos - da Cadeia de Valor à Rede de Valor na produção jornalística e de ciência aplicada;
  • Da Web 2.0 à Web Semântica - a Sociedade e Inteligência Interconectado em Rede;
  • Prospectiva social e cibercultura: casos práticos.
  • Divulgação de resultados científicos
  • Plágio na comunicação científica
  • Transmissão dos conhecimentos científicos para a comunidade
  • Financiamento da investigação e confidencialidade
  • Divulgação on-line. Impacto dos sites de divulgação de ciência.
  • Blogues científicos: Vantagens e índice de confiança

MÓDULO 2 – TERMINOLOGIA CIENTÍFICA E MÉDICA E COMUNICAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA - 18 HORAS
  • Especificidades da comunicação técnica e científica
  • Características da linguagem técnica e científica;
  • Preparação do material e organização de comunicações científicas;
  • O artigo científico: Tipos, características, tamanho e organização; modos de colaboração e registos de escrita
  • Critérios usados na avaliação (refereeing) de artigos científicos
  • Dissertações e teses

MÓDULO 3 – PSICOLOGIA DA COMUNICAÇÃO - 36 HORAS
  • A Linguagem: natureza, complexidade e especificidade.
  • A Psicologia da linguagem na actualidade: controvérsias.
  • Desenvolvimento, Entendimento e Impacto da Linguagem. Oralidade, leitura e escrita: Impacto e Psicologia diferenciada.

MÓDULO 4 – ÉTICA EM CIÊNCIA E MEDICINA - 36 HORAS
  • Ética, Ciência e Medicina - perspectiva histórica.
  • Código conduta para cientistas.
  • Responsabilidade Social dos Cientistas.
  • Perspectiva da Comunidade Científica.
  • Perspectiva dos Direitos Humanos.

MÓDULO 5 – ETAPAS DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA - 36 HORAS
  • Organização da Investigação Científica.
  • Método Científico.
  • Etapas da Investigação Científica.
  • Ensaios Clínicos -fases dos ensaios Clínicos.
  • Boas práticas em Investigação Científica.

MÓDULO 6 – HISTÓRIA DA CIÊNCIA – 18 HORAS
  • Surgimento da Ciência e Pensamento Científico.
  • Pilares do Pensamento Científico.
  • Ciência e Conhecimento.
  • Grandes Cientistas.

MÓDULO 7 – LABORATÓRIOS DE JORNALISMO CIENTÍFICO - 60 HORAS
  • Elaboração de exemplos de matéria jornalística científica

SEMINÁRIOS DE CULTURA TÉCNICO-CIENTÍFICA - 60 HORAS
  • Seminários vários em temas técnico-científicos de relevância actual a acompanhar os temas focados nos restantes módulos

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Informação e contactos

CESPU - Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Universitário de Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Pretende-se com este curso de pós graduação em jornalismo cientifico oferecer aos jornalistas; recém-licenciados em ciências da comunicação e assessores de imprensa, a oportunidade de especializarem o seu conhecimento no ramo das ciências.
A pós graduação tem por objectivo principal estabelecer um relacionamento entre o desenvolvimento científico e o desempenho dos meios de comunicação.

Objectivos Específicos

  • Produzir notícias de divulgação científica para órgão de comunicação social impressos, radiofónicos, televisivos e online, com sentido crítico
  • Apurar o rigor da informação e contribua para a compreensão mais geral dos factos científicos;
  • Identifique as fontes e principais recursos de informação e divulgação científica;
  • Familiarizar em ambientes reais de investigação científica;
  • Conhecer as principais metodologias de investigação no âmbito do jornalismo científico.
  • Saber identificar as notícias mais relevantes sobre ciência
  • Fazer uma reflexão crítica sobre a ciência produzida a nível Nacional e Mundial
  • Conhecer os principais meios de divulgação de ciência
  • Conhecer os principais veículos de transmissão de conhecimento científico
  • Discutir criticamente a política científica do país
  • Reduzir a distância entre os cientistas e a opinião pública
  • Saber relacionar o conhecimento científico adquirido com a vida quotidiana e o impacto desse conhecimento na saúde, economia e bem-estar da população.
  • Saber contribuir para a formação de uma cultura científica na população
  • Conhecer os principais meios de subsidiar projectos científicos e a sua divulgação

Resumo

O Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte, por meio do Departamento de Ciências, apresenta a Pós-Graduação em Jornalismo Cientifico, destinada a pessoas licenciadas em comunicação que tenham um interesse particular pelo mundo da ciência e que pretendem contribuir para a democratização do conhecimento científico na nossa sociedade.

Destinatários

Licenciados em comunicação; jornalistas (rádio, televisão e imprensa), Assessores de Comunicação de instituições de investigação (ex: Universidades; Laboratórios; Industrias, entre outros…); Profissionais que actuam no ramo da Tecnologia e Investigação.

Candidatura e selecção

Análise curricular Académica e Profissional e ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

30

Carga horária

300 Horas

Unidades de crédito do curso

60

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária.
Avaliação Contínua.

Duração e regime

As aulas decorrerão aos sábados das 09h00 às 12h00 e das 13h00 às 18h00.

Cronograma

PROVISÓRIO
Outubro de 2011
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Maria Emilia Areias, Profa. Doutora
Professora Associada do ISCS-N. Directora do Departamento de Psicologia. Coordenadora da Licenciatura em Ciências Psicológicas.
Alexandre Campos, Dr.
Fundador da Competinov e Consultor Nacional de Benchmarking. Doutorando em Gestão da Informação e do Conhecimento para a Inovação da Universidade Complutense, Madrid.
Ana Sofia Carvalho, Profa. Doutora
Doutorada em Biotecnologia na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa; Membro do Conselho Nacional de Ética das Ciências da Vida; Directora do Instituto de Bioética - Universidade Católica Portuguesa.
Andreia Azevedo Soares, Dra.
Jornalista do PÚBLICO desde 2000. Possui vasta experiência na área do jornalismo de ciência, tendo sido apresentadora do programa “4xCiência” (RTPN) durante quatro anos. Estudou jornalismo e comunicação de ciência na Universidade Federal do Rio de Janeiro e no Imperial College London.
Daniel Folha, Prof. Doutor
Licenciado em Física/Matemática Aplicada pela Universidade do Porto e Mestre e Doutorado em Astrofísica pela Universidade de Londres. Investigador do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP). Professor Auxiliar Convidado do Instituto Superior de Ciências da Saúde-Norte (ISCS-N). De 2005 a 2008 liderou um projecto Ciência Viva destinado à promoção da cultura científica na área da Astronomia.
Joana Barros, Profa. Doutora
Licenciada em Genética Molecular e doutorada em Biologia Celular, tem vindo a especializar-se nos últimos anos na área da comunicação de ciência. Actualmente é coordenadora da Associação Viver a Ciência (VAC), uma organização sem fins lucrativos, criada por investigadores com o objectivo de promover a ciência em Portugal.
Júlio Borlido Santos, Mestre
Licenciado em Biologia e com mestrado em Biologia Molecular. Actualmente é responsável pelo Núcleo de Cultura Científica do IBMC-INEB.
Jorge Massada, Dr.
Jornalista profissional há 32 anos, metade dos quais na redacção do semanário expresso. Dirige actualmente o jornal Ciência Hoje. Prémio Nacional de Reportagem do Clube Português de Imprensa em 1991.
Ramiro Meneses, Mestre
Mestre em Bioética Teológica, pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa. Filósofo e especialista em Filosofia das Ciências. É médico de Clínica Geral e Farmacêutico. Paret lauream em Ética Aplicada, na Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa - Centro Regional de Braga (Societatis Iesu). Publica em diversas revistas de filosofia e teologia, internacionais indexadas, revistas nacionais e tem feito recensões de filosofia das ciências e da lógica. Publicou dois livros. Actualmente, lecciona no Instituto Politécnica de Saúde do Norte (Gandra e Famalicão) e no Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte - Gandra. É investigador sénior no Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa e, também, na mesma Universidade, na Faculdade de Filosofia , membro do Centro de Estudos Filosóficos.
Rui Azevedo, Prof. Doutor
Licenciado em Física/Matemática Aplicada e Doutorado em Astrofísica pela Universidade do Porto. Os trabalhos conducentes ao grau de Doutor foram realizados no Harvard –Smithsonian Center for Astrophysics (EUA) e no Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP). Investigador do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP). Professor Auxiliar Convidado do Instituto Superior de Ciências da Saúde-Norte (ISCS-N).
Sílvio Mendes, Dr.
Licenciado em Comunicação Social pela Universidade do Minho. Estagiou no Público e foi jornalista no Semanário Regional Mirante. É comunicador de ciência e gestor de conteúdos online na Associação Viver a Ciência (VAC) e na Sociedade de Ciências Médicas de Lisboa. Colabora também no projecto Comunicar Ciência.
Tiago Outeiro, Prof. Doutor
Licenciado em Bioquimica pela Faculdade de Ciencias da Universidade do Porto, e Doutorado em Ciencias Biomedicas pelo Instituto de Ciencias Biomedicas Abel Salazar, Universidade do Porto, e Massachusetts Institute of Technology, EUA. Director da Unidade de Neurociencia Celular e Molecular do Instituto de Medicina Molecular, Professor de Fisiologia da Faculdade de Medicina de Lisboa. Professor Catedratico da Faculdade de Medicina da Universidade de Goettingen, Alemanha, e sub-director do Jornal Ciencia Hoje.
Docentes Vários Especializados Nas Áreas Temáticas Dos Seminários de Cultura Técnico-científica

Emolumentos

Candidatura
50 Euros
Propinas
3.180 Euros ou 12 prestações mensais de 265 Euros.
(Cheques pré-datados)
20% Desconto para Cooperantes e funcionários da CESPU.
10% Desconto para Ex-alunos da CESPU, e para Instituições Protocoladas.
5% Desconto a pronto pagamento