Introdução

A Pós-Graduação em Cuidados Continuados e Paliativos procura enquadrar a intervenção dos profissionais de saúde no âmbito do trabalho desenvolvido pela Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. O curso foi organizado de modo a proporcionar uma sólida formação teórico-prática alicerçada no treino de competências dos profissionais de saúde. O programa do curso aborda as dimensões física, psicológica, social e espiritual do sofrimento e da doença. A multidisciplinaridade dos conteúdos abordados reflecte-se na multiplicidade da formação científica dos formadores. É dada uma especial atenção à integração pessoal dos conhecimentos científicos, proporcionando-se o treino individualizado de competências necessárias para o trabalho clínico.

Data de realização do curso

15 de Abril de 2011

Áreas de conhecimento

  • Enfermagem
  • Medicina
  • Psicologia

Estrutura curricular

MÓDULO 1 - PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS DOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS

  • Conceito de cuidados continuados e continuidade de cuidados;
  • Modelo de rede de cuidados continuados;
  • Do modelo clássico ao modelo associativo/integrador dos cuidados;
  • O cuidado integral da pessoa;
  • A promoção da autonomia e da dignidade do doente;
  • O papel da família;
  • A intervenção multidisciplinar.

MÓDULO 2 - TRABALHO EM EQUIPA E ORGANIZAÇÃO DE SERVIÇOS
  • Enquadramento conceptual da RNCCI;
  • A rede de cuidados continuados em Portugal;
  • Tipologia e características da rede;
  • Equipas multidisciplinares;
  • Filosofia dos cuidados continuados em saúde;
  • Papel dos cuidadores: abordagem multidisciplinar;
  • Papel do médico de família na equipa de saúde.

MÓDULO 3 - CONTROLO DA DOR E DOS SINTOMAS NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • Princípios gerais, fisiopatologia e avaliação da dor;
  • Controlo da dor por meios farmacológicos e não farmacológicos;
  • Intervenções em situações menos frequentes e de alta complexidade;
  • Sintomas específicos de doenças não oncológicas;
  • Tratamento de feridas e úlceras de pressão;
  • Nutrição;
  • Controlo da dor e qualidade de vida;
  • Urgências em cuidados paliativos.

MÓDULO 4 - COMUNICAÇÃO NA RELAÇÃO TERAPÊUTICA
  • A importância da comunicação nos Cuidados Continuados;
  • Fundamentos teóricos da Relação de Ajuda;
  • Competências de base para a relação de ajuda com o doente e a sua família;
  • Atitudes de escuta empática, aceitação incondicional e congruência;
  • Treino de técnicas de entrevista clínica;
  • Grupos de encontro.

MÓDULO 5 - CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS EM PEDIATRIA
  • Introdução geral ao tema;
  • Legislação nacional sobre cuidados paliativos pediátricos;
  • Apresentação e discussão de caso prático ilustrativo da perspectiva dos pais;
  • A dor em pediatria: caracterização, avaliação/medição e intervenção/controlo;
  • Questões éticas e deontológicas em cuidados paliativos pediátricos;
  • As experiências de pais, irmãos, da criança e dos profissionais face à percepção de ameaça e à aproximação da morte;
  • As vivências e as necessidades das famílias após a morte;
  • Conversas difíceis para os profissionais.

MÓDULO 6 – CUIDADOS CONTINUADOS EM GERIATRIA
  • Envelhecimento: envelhecimento demográfico; factores que influenciam o processo de envelhecimento;
  • Envelhecimento e Prestação de Cuidados: caracterização da prestação de cuidados; prestação de cuidados e demência de Alzheimer.

MÓDULO 7 - PERDAS E LUTO
  • Psicologia da morte: a visão existencialista da morte; uma perspectiva psicológica da morte; influência da morte na percepção da vida;
  • O processo de morrer: reações face à morte; a consciência de estar a morrer;
  • O luto: várias teorias do luto;o processo de luto;o luto complicado; intervenção terapêutica no luto;
  • Intervenção na doença terminal: objectivos da intervenção; comunicar más notícias;
  • Os profissionais de saúde perante a morte: programas psicoeducativos sobre a morte; prevenção de burnout.

MÓDULO 8 – REABILITAÇÃO E DEPENDÊNCIA
  • Cuidados continuados integrados;
  • Modelo de cuidados dirigidos à independência das pessoas idosas;
  • Estrutura organizacional, conceitos, tipologias e critérios de referenciação;
  • Metodologia de trabalho em Unidades de Convalescença;
  • Preparação do membro da família e ou prestador de cuidados informais;
  • Instrumento de avaliação psicossocial.

MÓDULO 9 - ÉTICA NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • Noções básicas de Bioética e Ética Médica;
  • Aplicação dos princípios de Bioética e de Ética em Saúde nas situações concretas de cuidados continuados e paliativos;
  • Questões controversas nos Cuidados Continuados e Paliativos;
  • Testamento vital, consentimento informado, eutanásia e suicídio asistido.

MÓDULO 10 – CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS EM SAÚDE MENTAL
  • Perturbações psiquiátricas mais comuns em cuidados paliativos: como avaliar e tratar;
  • Cuidados continuados e paliativos para doentes com problemas mentais pré existentes: as demências.
  • A espiritualidade nos cuidados dos doentes;
  • Dignidade e cuidados paliativos;
  • Exemplo de cuidados em saúde mental: A casa de Saúde de Idanha.

MÓDULO 11 – ENFERMAGEM NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • Avaliação e intervenção de enfermagem: Medidas de higiene e conforto, Cuidados de boca, Impacto dor, Posicionamento, Nutrição, Úlceras de pressão;
  • Controlo da dor e dos sintomas por métodos não farmacológicos: Terapias Naturais, Técnicas de relaxamento, Massagem;
  • Comunicação em enfermagem: conferência familiar: transmissão do prognóstico; a conspiração do silêncio; gestão de expectativas (a esperança e a reabilitação); agressividade.

MÓDULO 12- PSICOLOGIA NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • Factores psicológicos, socioculturais, interpessoais e espirituais na doença crónica e terminal;
  • Metodologia de avaliação do indivíduo e da sua família com doença grave e terminal;
  • Avaliação de questões específicas comuns em doentes graves e terminais: psicopatologia, respostas de luto, dor, desesperança, capacidade de tomada de decisões;
  • Exemplos de intervenções específicas: dignity therapy, terapia de apoio, terapia cognitivo-comportamental;
  • Especificidades da intervenção clínica: limites, estrutura, setting.

MÓDULO 13 – SERVIÇO SOCIAL NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS
  • Intervenção do serviço social numa equipa interdisciplinar de cuidados paliativos;
  • Serviço social nos cuidados continuados;
  • Objecto de intervenção e metodologia usada pelo serviço social;
  • As redes de suporte social;
  • Intervenção do serviço social na família - aplicações práticas.

MÓDULO 14 – UMA APLICAÇÃO TERAPÊUTICA NOS CUIDADOS CONTINUADOS E PALIATIVOS- HAPTONOMIA
  • Introdução à Haptonomia;
  • As necessidades afectivas em fim de vida;
  • Os conceitos de dignidade e de compaixão;
  • A importância do tacto nos cuidados continuados e paliativos;
  • Exercícios práticos de grupo.

MÓDULO 15 – PLANEAMENTO E GESTÃO ADMINISTRATIVA
  • Organização de serviços em cuidados continuados integrados;
  • Coordenação e funcionamento das unidades de RNCCI;
  • Liderança de equipas e gestão de conflitos;
  • Visitas técnicas a unidades da zona norte da RNCCI.

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Informação e contactos

CESPU-Formação
Rua Central de Gandra, 1317
4585-116 Gandra - Paredes
Tel. 224 157 174/06
info@formacao.cespu.pt
www.cespu.pt

Local(is) de formação do curso

Campus Universitário de Gandra - Paredes
Campus Universitário de Gandra - Paredes
R. Central de Gandra, 1317
4585-116 GANDRA PRD - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

A Pós-graduação em Cuidados Continuados e Paliativos, procura potenciar os recursos dos formandos, dotando-os com conhecimentos teóricos e práticos capazes de ampliar significativamente a sua compreensão e a sua capacidade de intervenção no apoio aos doentes e aos seus familiares.

Objectivos Específicos

  • Compreender as exigências específicas do trabalho em Cuidados Continuados e Paliativos;
  • Promover uma compreensão das dimensões biopsicossociais do sofrimento e da doença;
  • Promover o controlo da dor e dos sintomas;
  • Conhecer as exigências da intervenção na reabilitação;
  • Conhecer as especificidades da intervenção em Cuidados Continuados e Paliativos ao longo do ciclo vital;
  • Conhecer e aplicar as estratégias de comunicação para potenciar a relação terapêutica;
  • Enquadrar o sofrimento e a morte na construção do sentido da vida;
  • Saber aplicar metodologias práticas que salvaguardem os profissionais de saúde do risco de burnout;
  • Compreender as implicações éticas inerentes à intervenção em Cuidados Continuados e Paliativos;
  • Potenciar a organização e avaliação da qualidade dos serviços

Resumo

A Pós-Graduação em Cuidados Continuados e Paliativos procura enquadrar a intervenção dos profissionais de saúde no âmbito do trabalho desenvolvido pela Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

Metodologia

A Pós-Graduação em Cuidados Continuados e Paliativos proporciona uma forte componente prática que permita a integração eficaz dos múltiplos contributos teóricos. Através da análise e discussão de casos clínicos e do trabalho individualizado desenvolvido em pequenos grupos procura-se orientar os formandos para uma auto-monitorização da sua própria intervenção clínica.

Destinatários

Licenciados e Finalistas em Medicina, Enfermagem, Serviço Social, Psicologia, Sociologia, e outras áreas das Ciências da Saúde.

Candidatura e selecção

Análise curricular Académica e Profissional e ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

204 Horas

Unidades de crédito do curso

25.5

Critérios de aprovação

O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária.
Avaliação Contínua.

Duração e regime

O Curso decorrerá de Abril a Dezembro de 2011. As aulas decorrerão às sextas, das 16h00 às 20h00, e aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, (Quinzenalmente).

Cronograma

PROVISÓRIO
15, 16, 29 e 30 de Abril de 2011
13, 14, 27 e 28 de Maio de 2011
3, 4, 17 e 18 de Junho de 2011
1, 2, 15, 16, 29 e 30 de Julho de 2011
2, 3, 16, 17 e 30 de Setembro de 2011
1, 14, 15, 28 e 29 de Outubro de 2011
11, 12, 25 e 26 de Novembro de 2011
17 de Dezembro de 2011
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Ferraz Gonçalves, Prof. Doutor

Médico especialista em Medicina Interna e em Oncologia Médica. Chefe do Serviço de Cuidados Paliativos do IPO-Porto. Fundador da primeira unidade de cuidados paliativos em Portugal. Fundador da Associação nacional dos Cuidados Paliativos. Membro do Research Steering Commitee da Associação Europeia de Cuidados Paliativos.

Joana Soares, Mestre
Licenciada em Psicologia Clínica e Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho. Docente do Curso de Psicologia e Saúde e Mestrado em Psicologia Clínica e Saúde do ISCS-N.
Manuel Melo, Enf.
Enfermeiro Coordenador da Unidade de Convalescença de Valongo. Docente convidado da ESS-VS. Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Pós-graduado em Gestão e Administração Hospitalar e em Supervisão Clínica em Enfermagem.
Joana Gaspar Pereira, Dra.
Licenciada em Fisioterapia. Fisioterapeuta da Unidade de Convalescença de Valongo. Docente convidada do IPSN, na área da proprioceptividade.
Elsa Maria da Silva Dias, Dra.
Licenciada em Terapia Ocupacional. Terapeuta ocupacional da Unidade de Convalescença de Valongo.
Antonieta Rocha Caldeira, Dra.
Licenciada em Terapia da Fala. Terapeuta da fala da Unidade de Convalescença de Valongo.
José Carlos Caldas, Prof. Doutor

Professor Auxiliar do IUCS. Licenciado e Doutorado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Regente de  unidades curriculares nas áreas de avaliação psicológica  (Unidades Curriculares de Introdução à Avaliação Psicológica e Introdução às Técnicas Psicométricas, respetivamente dos 2º e 3º anos da Licenciatura em Psicologia do IUCS e de Avaliação Neuropsicológica e Avaliação Psicológica em Contextos de Saúde, do 1º ano do Mestrado em Psicologia da Saúde e Neuropsicologia do IUCS)  e na área da relação e comunicação médico-doente (Unidade Curricular Relação Médico-Doente: psicologia, comportamento e técnicas de comunicação, do 3º ano da Licenciatura em Ciências Biomédicas do IUCS). Vice-Presidente do Conselho Científico do IUCS e da Comissão Coordenadora do Mestrado em Psicologia da Saúde e Neuropsicologia. Investigador do CINTESIS.

Manuela Leite, Profa. Doutora
Doutorada em Psicologia, na área da Prestação de Cuidados. Professora Auxiliar no curso de Psicologia e Saúde do ISCS-N. Pós-graduada em Psicogerontologia. Coordenadora do Mestrado em Psicogerontologia do ISCSN.
Vera Almeida, Profa. Doutora
Doutorada em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica. Professora Auxiliar no curso de Psicologia Clínica do ISCS-N.
Carla Reigada, Mestre

Licenciada em Serviço Social, Mestrado em Cuidados Paliativos, Assistente Social do Serviço de Cuidados Paliativos do Centro Hospitalar de São João,EPE

Paulo Pina, Dr.
Médico especialista em Medicina Interna. Membro da Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos e da Clínica de Dor do IPOLFG, EPE. Consultor do Hospital Residencial do Mar- Geriatria e Cuidados Paliativos. Mestrando em Cuidados Paliativos na FML. Pós-Graduado em Medicina da Dor pela FMP. Pós-Graduado em Geriatria pela FMC.
Martin Sanblas, Enf.
Enfermeiro no Hospital Los Montalvos, Salamanca, na Unidad del Dolor e Cuidados Palitivos. Especialista em Cuidados Paliativos.
Gemma Hernandez Diaz, Enfa.

Enfermeira no Hospital Los Montalvos, Salamanca, na Unidad del Dolor e Cuidados Paliativos. Enfermeira especialista em Cuidados Naturales. Presidente da Sociedad Cientifica de Enfermería Naturista e Holística de Salud.

Esperança Silva, Dra.
Assistente Social. Responsável do Serviço Social do IPO-Porto
Jean-louis Terrangle, Dr.
Psicoterapeuta. Pratica a haptonomia, a ciência de curar pela afectividade. Formador. Fundador com Marie de Hennezzel da Association Bernard Dunant- AIDS, em 1992.
Miguel Julião, Prof. Doutor

Médico da Unidade de Cuidados Paliativos da Casa de Saúde de Idanha.

Fátima Oliveira, Enfa.
Enfermeira-chefe da unidade de Cuidados Paliativos da Casa de Saúde de Idanha.
Dra. Ana Novellas, Profa.
Trabalhadora Social do Instituto Catalã de Oncologia de Barcelona. Pós graduada em Psicologia Comunitária. Mestre em Mediação Familiar. Formação avançada em Cuidados Paliativos.

Emolumentos

Candidatura
50 Euros
Propinas
2.900 Euros ou 10 prestações mensais de 290 Euros.
(Cheques pré-datados)
20% Desconto para Cooperantes e funcionários da CESPU.
10% Desconto para Ex-alunos da CESPU, e para Instituições Protocoladas.
5% Desconto a pronto pagamento.