Introdução

A técnica de Miofibrolise Percutânea consiste num tratamento não invasivo cujo principal objectivo é a libertação de aderências fibróticas e contracturas funcionais com o objectivo de libertar a estrutura incidente das algias traumáticas e/ou inflamatórias instaladas sobre o tecido, favorecendo um movimento mais harmonioso e funcional.

Data de realização do curso

08 de Outubro de 2010

Local(is) de realização

Escola Superior de Saúde do Vale do Ave - Vila Nova de Famalicão

Áreas de conhecimento

  • Fisioterapia

Estrutura curricular

1. ASPECTOS GERAIS;
1.1. Histórico;
1.2. Variações técnicas;
1.3. Visão inicial;
1.4. Descrição do material;
1.4.1. UHMW/AÇO CIRÚRGICO;
1.5. Denominação;
1.6. Indicações;
1.7. Contra indicações;
1.8. Precauções;
1.9. Cuidados preliminares;

2. REVISÃO ANATOMOFUNCIONAL

3. O PROCESSO FIBRÓTICO

4. BASE NEUROFISIOLÓGICA DE TRATAMENTO
4.1. Interpretação dos efeitos da Miofibrólise;
4.2. Aplicações;

5. DESCRIÇÃO TÉCNICA
5.1. Rotação - Preparatória;
5.2. Descolamento;
5.3. Fricção;
5.4. Tracção;
5.5. Deslizamento superficial sedativo;
5.6. Técnicas específicas;
5.6.1. Compressão posicional;
5.6.2. Deslizamento profundo activo;

6. SEQUÊNCIA TERAPÊUTICA

7. Formatação do gesto terapêutico;

8. PRÁTICA:
8.1. 1º Contacto instrumental;
8.2. Miofibrólise nos distúrbios relacionados;
8.2.1. Coluna vertebral e região ventral;
8.2.1.1. Cervical, dorsal e lombar;
8.2.1.2. Abdómen;
8.2.1.3. Casos específicos;
8.3. Pelve e Membro inferior;
8.3.1. Função flexora;
8.3.2. Função extensora;
8.3.3. Função adutora;
8.3.4. Função abdutora;
8.3.5. Função rotadora;
8.3.6. Função flexora dorsal;
8.3.7. Função flexora plantar;
8.3.8. Função eversora;
8.3.9. Função inversora;
8.3.10. Casos específicos;
8.4. Membro superior e cintura escapular;
8.4.1. Função flexora;
8.4.2. Função extensora;
8.4.3. Função adutora;
8.4.4. Função abdutora;
8.4.5. Função rotadora;
8.4.6. Função supinadora;
8.4.7. Função pronadora;
8.4.8. Casos específicos;
8.5. Crânio, face e ATM;
8.6. Cicatriz;

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, cartão de contribuinte;
2 Fotos tipo passe devidamente identificadas (não são aceites fotografias digitalizadas);
Cheque ou comprovativo de transferência para o NIB 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.

Local(is) de formação do curso

Vila Nova de Famalicão
Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
R. José António Vidal,81
4760-409 Vila Nova de Famalicão - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Este curso visa dar formação em Miofibrolise Percutânea, tendo como finalidade a aquisição e desenvolvimento dos conhecimentos nesta área, possibilitando que os formandos sejam capazes de:
- Identificar patologias do Sistema NeuroMusculoEsquelético em que a aplicação da técnica possa constituir uma mais-valia para o paciente;
- Executar correctamente a técnica;

Resumo

A técnica de Miofibrolise Percutânea consiste num tratamento não invasivo cujo principal objectivo é a libertação de aderências fibróticas e contracturas funcionais com o objectivo de libertar a estrutura incidente das algias traumáticas e/ou inflama

Metodologia

As aulas serão teóricas e práticas, através da exposição das várias temáticas com análise e discussão de casos clínicos.

Destinatários

Fisioterapeutas

Candidatura e selecção

Selecção por ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

30

Carga horária

27 Horas

Unidades de crédito do curso

3

Critérios de aprovação

Frequência obrigatória da carga horária total do curso.
Aprovação no exame final.

Duração e regime

O Curso decorrerá nos dias 08, 09 e 10 de Outubro de 2010.
As aulas decorrerão das 09h00 às 13h00 e das 14h30 às 19h30.

Cronograma

PROVISÓRIO
08, 09 e 10 de Outubro de 2010.
O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.

Corpo docente

Fisiot. Guilherme Domenech
Colaborador do Instituto de pesquisa Neuromotriz EsEFEx, Director do Instituto Brasileiro de Miofibrólise, e Especialista em diversas áreas: neurociências, Terapia Manipulativa, Osteopatia, Orthopraxia, SGA, Fibrólise de Ekman, Kinesio Taping, Terapia Posicional Analítica.

Emolumentos

Candidatura
50 Euros
Propinas
600 Euros ou 2 prestações mensais de 300 Euros.
(Cheques pré-datados)
20% Desconto para Cooperantes e funcionários da CESPU.
10% Desconto para Ex-alunos da CESPU, e para Instituições Protocoladas.
5% Desconto a pronto pagamento.
Inclui um Kit de Ganchos, Manual didáctico, CD-Rom com a demonstração das técnicas.