Introdução

O exercício da profissão na área da saúde, obriga-nos a desempenhar as nossas funções, tendo em conta a informação clínica, intervindo muitas vezes na conceção, programação, planeamento, realização e avaliação de exames na área da radiologia, com vista ao tratamento do doente.
A coordenação do curso de radiologia do ESSVA decidiu implementar, um conjunto de iniciativas que proporcionarão aos profissionais de saúde, uma formação complementar em áreas de interesse e especificidade avançada. A elaboração deste currículo pretende cimentar e fomentar o aumento de competências em Ultrassonografia, que proporcionem um desempenho profissional autónomo, eficaz, eficiente e responsável nesta área de diagnóstico. Auscultando o mercado de trabalho, nacional e internacional, nomeadamente nos países do norte da Europa e Espanha facilmente se depreende que existe uma concreta necessidade de formação no que à Ultrassonografia diz respeito, tendo em conta a possibilidade de emprego ao nível Europeu.
A formação inicial (atual e especialmente anterior à reestruturação dos cursos tendo em conta o Tratado de Bolonha) de muitos profissionais de saúde, apesar de essencial, não os capacita totalmente para o desempenho autónomo, responsável e competente na área da Ultrassonografia. É nesta constatação que assenta a necessidade de uma formação mais específica nesta área do saber. A necessidade de aprofundamento, evolução e melhoria das competências e conhecimentos científicos nestas áreas, a formação ao longo da vida, pós graduada, sustentada e defendida pelo Tratado de Bolonha, entidades nacionais e internacionais que representam as nossas profissões sustentam e justificam estas formações.

Data de realização do curso

Outubro de 2017

Áreas de conhecimento

  • Radiologia

Estrutura curricular

A física e a instrumentação do ultrassom utilizado no diagnóstico médico moderno; Propriedades do ultrassom, propagação, atenuação, reflexão, refração e dispersão no tecido do corpo humano; Tipos de transdutores existentes de acordo com a respetiva frequência. O aparelho de Ultrassonografia, seus componentes, características, funcionalidades, princípios físicos, controlo e processamento de imagem; A técnica Dopller, a imagem com cor, imagens de fluxo, a hemodinâmica.

Tipos de imagens em Ultrassonografia: Hipoecogénicas, ecogénicas, hiperecogénicas e anecogénicas; Recentes avanços em transdutores e tecnologia de imagem;

Controlo de qualidade e ajustes de imagem; Conceito de resolução axial e longitudinal e conceito de foco. Principais artefactos em Ultrassonografia e técnicas para os minimizar/eliminar; Os conceitos básicos da anatomia normal, função, técnica de Ultrassonografia e respectivos protocolos ecográficos.

Técnicas de "botonologia ecográfica": Freeze" de imagens, gravar imagens, executar medições e executar ajustes de processamento de imagens ecográficas.

 A anatomia e aparência ecográfica dos músculos e articulações do corpo humano com especial incidência no ombro, joelho e tornozelo; A abordagem ultrassonográfica do sistema músculo-esquelético; Exames ultrassonográficos músculo-esqueléticos, com ênfase na demonstração da anatomia normal; localização de tendões, ligamentos, músculos, nervos, bursas das articulações da articulação do ombro, joelho e tornozelo.

Protocolo completo de exploração ecográfica da articulação do ombro.

Ecografia do Ombro Normal: Sistemática de exploração ecográfica

Ecografia do Ombro Patológico básico - Sinovite Bicipital, Calcificação-Rotura-Bursite Subescapular, Calcificação, Rotura, Bursite, tendinopatia do Supra-espinhoso, tendinopatia do subescapular manuseamento do ecógrafo. Osteofitose e erosões ósseas do periósteo da cabeça do úmero, impingement subacromial, rotura do tendão da longa porção do bíceps, bursite e sinovite.

Protocolo completo de exploração ecográfica da articulação do joelho e coxa.

Ecografia do Joelho e Coxa Normal.

Sistemática de exploração ecográfica - Quadríceps, Côndilos femorais, T. Rotuliano, LLI, Zona Poplítea

Ecografia do Joelho-Coxa Patológico básico -Bursite, Rotura, Osteocondrite,Tendinite, Osgood Slater, entorse LLI, quisto de Baker. Práticas de Joelho-Coxa.

Patologia básica do joelho como rotura do Ligamento lateral interno e externo, tendinopatia do tendão quadríceps e do tendão rotuliano, doença de Osgood-Schlatter, quisto meniscal, quisto de baker, derrame articular, bursite, tendinopatia do Tendão semi-tendinoso e semi-membranoso.

Protocolo de exploração completo da articulação do tornozelo.

Patologia mais frequente do tornozelo - entorse, estiramento ligamentar e tendinoso, Tedinopatia e rotura do Tendão de Aquiles.

 

Pretende ainda responder às perguntas mais frequentes, tais como:

-Há rotura muscular ou tendinosa?

-Há bursite, derrame articular ou sinais de sinovite?

-Há calcificações tendinosas ou sinais de tendinopatia?

-Há hematoma? Este é subcutâneo ou intramuscular?

Documentação necessária de candidatura

Curriculum Vitae em modelo Europass (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Certificado de Habilitações;
Preenchimento do boletim de candidatura (Consulte os documentos de suporte);
Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Contribuinte ou do Cartão de Cidadão;
Cheque ou comprovativo de transferência para o IBAN PT50 0033.0000.00048634338.29, no valor da candidatura.


Local(is) de formação do curso

Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
Campus Académico de Vila Nova de Famalicão
R. José António Vidal,81
4760-409 Vila Nova de Famalicão - PORTUGAL

Entidades parceiras

Coordenação científica

Coordenação pedagógica

Objetivos

Proporcionar aos alunos a aquisição de um conjunto de conhecimentos teórico e práticos, básicos, na área Ultrassonografia Músculo-esquelética; Fornecer competências básicas aos alunos para que sejam capazes de executar e avaliar exames da área da Ultrassonografia Músculo-esquelética quer do membro inferior quer do superior. Pretende-se que os alunos deem início, aumentem e alarguem o conhecimento relativo a esta área de diagnóstico, reconhecendo de forma sistematizada a anatomia ecográfica de músculos, tendões, ligamentos e nervos; Reconhecer também os espaços anatómicos teóricos de localização de bursas e bainhas sinoviais. Preparar os alunos para a conceção, planeamento, organização, execução e avaliação de exames da área da Ultrassonografia Músculo-esquelética; Evidenciar conhecimentos de anatomia normal, Identificar alguns processos patológicos (ruturas, bursites, calcificações, corpos estranhos, hematomas) e os parâmetros fisiológicos, as manifestações desses, tendo em conta a avaliação por Ultrassonografia Músculo-esquelética;

Proporcionar aos alunos aptidões básicas para a aplicação de diferentes métodos e técnicas, no âmbito da Ultrassonografia Músculo-esquelética, com vista à obtenção de diagnóstico por imagem; Dotar os alunos de uma experiência intelectualmente estimulante que lhes permita desenvolver competências, capacidades e atitudes a exercer em diferentes contextos profissionais (hospitais, clínicas e centros de saúde); Pretende-se capacitar e fornecer ferramentas necessárias aos alunos, tendo em conta a tomada de decisões na compra e melhoria dos equipamentos de Ultrassonografia; Investir na formação ao longo da vida, obtendo formação e aptidões que demonstrem ser essenciais à sua atividade profissional; Comportar-se de acordo com códigos de conduta profissional.

Metodologia

As estratégias de avaliação deverão ser diversificadas, adaptando-se às características específicas de cada unidade/módulo curricular e tendo como principal objetivo proporcionar ao estudante oportunidades de aprendizagem nas quais ele seja o sujeito efetivo dessa aprendizagem. Sugere-se, no entanto, que em cada unidade/módulo curricular não sejam aplicadas mais que duas tipologias distintas, neste caso, a avaliação terá duas componentes, uma prática (80%) e uma teórica online no campus de ultrassonografia (20%). O diploma de formação avançada em Ultrassonografia Músculo-esquelética (Iniciação) só será emitido aos alunos que obtiverem aprovação ao Módulo curricular.

Destinatários

Profissionais de Saúde.

Candidatura e selecção

Inscrições até 12 de outubro de 2017.

Ordem de inscrição.

Nº de vagas para o curso

25

Carga horária

11 Horas de contacto

27 Horas e-learning

Unidades de crédito do curso

3,5

Cronograma

28 de outubro de 2017

8h30 às 12h30 e das 13h30 às 20h30

Corpo docente

Armindo Renato Sousa, Dr.

Bacharel em Radiologia pela Escola Superior de Tecnologias da Saúde do Porto; Licenciado em Radiologia Escola Superior de Tecnologias da Saúde do Porto; Pós-Graduado em Gestão de Unidades de Saúde pela CESPU, Professor Especialista em Radiologia pela CESPU; Coordenador do Curso de Radiologia da ESSVA-CESPU; Coordenador do serviço de Radiologia do Centro Hospitalar do Médio Ave. Docente Ensino Superior.

 

Angel Rodriguez Lourenzo, Dr.
Licenciado em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Santiago de Compostela. 1985. Especialista em Metodologia de Investigação pela Universidade de Vigo. 1996. Especialista em Medicina de Emergência pela Universidade de Vigo. 1996. Certificado of Advanced CPR. SMIUC. 1996. Certificado de ultra-som abdominal. SEECO. 1997. Certificado de Medicina de Emergência. Semes. 1998.
Lídio Silva, Eng.

Mestre em Engenharia de Computação e Instrumentação Médica. Bacharel em Engenharia Electrotécnica. Docente da Unidade Curricular de Equipamentos em Imagiologia e de Tomografia Computorizada e Ressonância Magnética da CESPU. Ex. Responsável Técnico de Produto para Portugal para Tomografia Computorizada e Imagem Molecular na General Electric Healthcare.

Manuel Duarte Lobo, Mestre

Docente de Ensino Superior tendo leccionado na Escola Superior de Saúde Cruz Vermelha Portuguesa - Lisboa.

Participante do Skills Course in Musculoskeletal Ultrasound do Royal College of Radiologists – Oxford.

Curso de Aperfeiçoamento em Ecografia Músculo-esquelética em Atenção Primária e Urgências e Curso de iniciação em Ecografia Abdominal FAST e Pleuro Pulmonar.

Membro e formador do Grupo de Trabajo en Ultrassonografia desde 2011; Semergen, diretor Norte Portugal.

Nabor Diaz Rodriguez, Dr.
Licenciado em medicina na Universidade Santiago de Compostela. Médico assistente de seção de ecografia musculo-esquelética do departamento de radiologia do hospital Henry Ford, Detroit EUA 1994-1995. Membro do comité organizador do I ao VII curso internacional de ecografia musculo-esquelética de 1995-2000. Coordenador nacional do grupo de trabalho em ecografia Semergen.